Tecnologia

publicidade
20 de agosto de 2012 • 17h46 • atualizado em 21 de Agosto de 2012 às 12h20

Aprenda a elaborar uma senha forte e evite fraudes

Cuidado com as senhas é fundamental para manter informações seguras
Foto: Shutterstock
 

Quem não se preocupa com a elaboração de uma boa senha para usar nas autenticações dentro da internet coloca em risco informações pessoais e a própria segurança. Uma palavra que esteja em qualquer dicionário do mundo, por exemplo, pode ser descoberta em até 30 segundos por um software pirata.



As técnicas para descobrir uma senha são bastante diversas. Com o passar dos anos, novas tecnologias foram criadas e a criatividade de pessoas mal intencionadas se aprimorou. Uma das técnicas é o chamado phishing. São emails mandados como se fossem de bancos ou da área de suporte de algum site, mas que instalam um componente no computador para roubar seus dados.



Segundo Marco Aurélio Maia, especialista em segurança da informação da Módulo, empresa especializada em soluções de segurança na internet, "ao clicar nos links destes emails, é instalado um software no computador que, cada vez que uma senha é digitada, captada a informação e a direciona para algum lugar".



Outra técnica, esta um pouco mais antiga, é chamada de keylogger. Um programa instalado no computador sem consentimento do usuário registra o histórico dos dígitos pressionados no teclado. Mais tarde, o pirata identifica qual parte dos caracteres corresponde a um usuário e uma senha. No entanto, o método mais comum, afirma Maia, é o uso de programas de tentativas, que descobre palavras existentes ou senhas básicas como "1234", "abcde", "aaaaa" ou "asdfg".



Ficou inseguro? Veja dicas de profissionais em segurança na web para criar uma senha forte.



Não use dados previsíveis

Desde o início da Arpanet, a rede criada pelo Departamento de Defesa americano e considerada a mãe da internet, as senhas possuem papel fundamental na proteção dos dados. Basta recapitular a quantidade de informação presente em nossos emails, mensagens de redes sociais ou mesmo nos números da conta bancária para se dar conta da importância de manter isso bem guardado.



Portanto, evitar palavras facilmente identificáveis em nossa personalidade é o primeiro passo para pensar em uma combinação. "Palavras que existem nos dicionários, nomes de pessoas invertidos, datas de nascimento, placas de carro, CPF, são todas as primeiras tentativas de um hacker ao tentar quebrar um senha", conta Wanderson Castilho, especialista em segurança digital. Além disso, a velocidade com que um software pirata descobre palavras presentes em qualquer dicionário do mundo - 30 segundos, segundo Castilho - comprova que olhar para os lados em busca de um objeto para inspiração não é recomendado.



Para formular a senha ideal

Para os especialistas Wanderson Castilho e Marco Aurélio Maia, a senha perfeita possui muitos caracteres, próximo a 12, e deve conter letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Parece complicado demais? A dica para memorizar é inventar uma frase, como, por exemplo, "Tenho cinco senhas tão seguras que valem algum dinheiro". Utilizando as iniciais e misturando-as em maiúsculas e minúsculas e adicionando números e símbolos poderia ficar "T5stSqVa$!", por exemplo. Outra dica para fugir do comum é trocar letras por numerais similares em formato. A palavra "surpresa" poderia se transformar em "5urpr35a".



Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra