Cebit 2011
 
 

Tecnologia » CeBIT » CeBIT

 Perto leva soluções brasileiras para a CeBIT 2011
04 de março de 2011 08h09 atualizado em 05 de março de 2011 às 15h42

ATM verde funciona com painel solar e foi pensado para o mercado indiano. Foto: Perto S.A./Divulgação

"ATM verde" funciona com painel solar e foi pensado para o mercado indiano
Foto: Perto S.A./Divulgação

A brasileira Perto aproveita a CeBIT para mostrar seus produtos e tentar ampliar sua participação no mercado internacional, criando parcerias comerciais com empresas estrangeiras. O destaque é o terminal de autoatendimento acionado por painel solar, totalmente desenvolvido pela Perto. O equipamento, que promete economia de energia de cerca de 50% pode ser colocado em ambientes internos ou externos. De acordo com a empresa, por não precisar de grandes estruturas de instalação, o produto pode ser adaptado para outros países com facilidade.

A Perto mostra também os ATMs bidirecionais, desenvolvidos para o mercado indiano - assim como o terminal solar. Como diferencial o equipamento tem grande autonomia, com capacidade de armazenagem de quatro mil cédulas por cassete, 60% a mais do que os demais terminais.

Outra novidade mostrada aos visitantes é a Mini Agência Inteligente. Trata-se de um terminal de autoatendimento que, além das funções comuns de extratos, pagamentos e saque, permite fazer depósitos sem envelope, tem dispensador de moedas e de folhas de cheque. Tudo num único equipamento. "O CeBIT é uma importante vitrine para a empresa, pois permite apresentar seu portfólio de alta tecnologia", diz o gerente de exportações da empresa, Roberto Baur.

Outros produtos em exposição são o ATM Super Full, que já pode ser visto em agências do Banco do Brasil em todo o País e o terminal Perto Fit Flex, que tem configuração modular e evolui de acordo com a necessidade do cliente.

Na área de varejo a companhia destaca, em comunicado à imprensa, o Paystation, para serviços de autoatendimento em estacionamentos, metrôs e cinemas; o Pertotrap, cofre inteligente que guarda o dinheiro e elimina operações de contagem e recontagem e transporte e o Correspondente Bancário, um terminal POS com funcionalidades de leitura de cartões de débito e crédito, leitores de códigos de barras para boletos e códigos magnéticos de cheques.

Terra