Celular

publicidade
04 de julho de 2012 • 11h36 • atualizado às 12h31

Galaxy Nexus é retirado da loja Google Play após ação da Apple

Google Play disponibiliza um formulário para clientes interessados em receber avisos quando o Galaxy Nexus voltar a ser comercializado
Foto: Getty Images
 

Depois de sofrer mais uma derrota nos tribunais norte-americanos

na noite de terça-feira, o smartphone Galaxy Nexus acaba de ser removido da loja online Google Play, como consequência da proibição de sua venda nos Estados Unidos. Segundo o site

CNET

, a loja do Google disponibiliza um formulário para clientes que quiserem ser notificados por e-mail quando a aparelho voltar a ser ofertado.

O Google e a Samsung pretendem reverter a proibição da venda do aparelho através de uma atualização do software. O patch, que rodaria em todos os aparelhos americanos, independente da operadora, iria "emburrecer" o busca do Google no smartphone - alvo da ação da quebra de patente pela Apple - limitando os resultados do buscados a apenas itens da web, segundo o site CNET.

É provavel que o Galaxy Nexus - o primeiro smartphone programado para rodar o novo sistema operacional móvel Android 4.1 (Jelly Bean) - seja o dispositivo de mais alto nível afetado pelos impasses de patentes entre a Apple e fornecedores do Google. Um dos primeiros alvos da empresa do iPhone foi a Samsung Eletronics, e também houveram acusações contra as fabricantes HTC e Motorola Mobility.

A proibição total da venda de um produto, como acontece com o Galaxy Nexus, é algo raro. No entanto, a HTC também enfrentou uma decisão similar no início do ano, sobre sua linha de smartphones One.

Terra