PUBLICIDADE

Microsoft desiste do smartphone Kin

30 jun 2010 18h54
| atualizado às 21h42
Publicidade

Lançado em abril como parte da estratégia da Microsoft para o mercado de smartphones, o Kin entra para a lista de fracassos da empresa. O aparelho não vendeu bem nos Estados Unidos e, segundo o jornal inglês The Guardian

, não será mais lançado na Europa. A Microsoft agora vai se focar no sistema operacional Windows Phone 7.

Em um comunicado ao site CNet, a Microsoft confirmou o cancelamento do lançamento na Europa, que deveria ocorrer em agosto. "Adicionalmente, estamos integrando nossa equipe do Kin à do Windows Phone 7", diz ainda. Nos Estados Unidos, o estoque de aparelhos restantes ainda será vendido, mas não há planos para fabricação posterior.

Apesar da propaganda maciça em seu lançamento nos Estados Unidos, o aparelho, vendido pela operadora Verizon e voltado para o uso em redes sociais pelo público jovem, decepcionou. A interface, lembrou o site , foi criticada por ser confusa demais. Parte da equipe que criou o aparelho já nem trabalhava mais na Microsoft na época do lançamento.

No entanto, o Kin de fato não era considerado fundamental para a estratégia principal da Microsoft, calcada no Windows Phone e sim do chamado Projeto Pink, que ainda prevê lançamentos de novos aparelhos até o final do ano.

O fracasso, contudo, nota o The Guardian, mostra as dificuldades da empresa para manter sua participação no mercado de smartphones, no qual enfrenta a concorrência do iPhone, da Apple, e da plataforma Android, do Google, entre outros.

Fonte: Redação Terra
Publicidade