1 evento ao vivo

Microsoft permite que usuários criem apps para Windows Phone

7 ago 2013
10h10
atualizado às 10h35
  • separator
  • 0
  • comentários

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira a versão beta do seu novo Windows Phone App Studio. Trata-se de uma ferramenta para desenvolvedores amadores experimentarem projetos de aplicativos e transferi-los para aparelhos com Windows Phone e testá-los.

Nokia Lumia 625 - Sem tanto alarde, a Nokia anunciou também o Lumia 625, seu maior aparelho rodando Windows Phone 8. O smartphone tem tela de 4,7 polegadas, processador dual-core Snapdragon S4 de 1,2 GHz, câmera de 5 megapixels, 512 MB de RAM e 8GB de armazenamento (expansível via cartão de memória microSD). Apesar da tela grande, o aparelho tem uma configuração mais modesta que os outros da linha Lumia, tornando-o mais competitivo entre os aparelhos com tecnologia 4G LTE: 220 euros (cerca de US$ 290)
Nokia Lumia 625 - Sem tanto alarde, a Nokia anunciou também o Lumia 625, seu maior aparelho rodando Windows Phone 8. O smartphone tem tela de 4,7 polegadas, processador dual-core Snapdragon S4 de 1,2 GHz, câmera de 5 megapixels, 512 MB de RAM e 8GB de armazenamento (expansível via cartão de memória microSD). Apesar da tela grande, o aparelho tem uma configuração mais modesta que os outros da linha Lumia, tornando-o mais competitivo entre os aparelhos com tecnologia 4G LTE: 220 euros (cerca de US$ 290)
Foto: Reuters

 

O Windows Phone App Studio é basicamente um assistente de aplicativo online com uma grande variedade de modelos personalizáveis que permitem a aplicação de conceitos de texto, conteúdo da web, imagens e design para um aplicativo. O Estúdio App vai cuidar de toda a codificação e serviços de back-end hospedados na nuvem.

Para estimular os desenvolvedores a utilizarem o App Studio, a Microsoft anunciou que as inscrições para o seu centro desenvolvedor custará US$ 19 até 26 de agosto. A Apple cobra US$ 99 anualmente  e taxa do Google para desenvolvedores do Android custa US$ 25.

As informações são do site Readwrite.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade