2 eventos ao vivo

Nokia divulga imagens de protótipo de smartphone flexível

27 out 2011
19h41

Sem fazer alarde, a Nokia apresentou na quinta-feira o protótipo de um smartphone flexível, cujas funções seriam ativadas ao torcer o aparelho. O site especializado CNET encontrou o dispositivo no show room do evento Nokia World, em Londres, sobre uma bancada que indicava "dispositivos Kinect da Nokia".

Modelo permite navegação no menu e zoom em fotos, bem como controle de músicas, ao ser retorcido
Modelo permite navegação no menu e zoom em fotos, bem como controle de músicas, ao ser retorcido
Foto: Geek / Reprodução

No vídeo que mostra o aparelho de tela de OLED em funcionamento (neste atalho http://bit.ly/vJq8mJ) , ao ser dobrado para trás, o smartphone faz zoom aproximando a foto na tela, e ao ser torcido para frente, afasta as imagens. Movimentando apenas um de seus lados é possível ter acesso ao menu e a outras funções do aparelho.

E como funciona o modelo flexível? O CNET relata que, durante o evento da finlandesa, o gerente de pesquisa de materiais Chris Bower demonstrava outro dispositivo flexível, que também permitia fazer zoom in e zoom out em um mapa - a mesma função observada no protótipo. A explicação, para o objeto que o funcionário da Nokia manuseava, era de que a tecnologia envolvia nanotubos de carbono, cuja resistência elétrica muda quando o material é deformado. Essa mudança poderia ser medida por um centro de controle, que então transformaria a informação em comandos para o a interface. Os filamentos de carbono estariam conectados a um elastômero flexível.

O site também cita Tapani Jokinen, engenheiro que começou a trabalhar no projeto há dois anos, com o grupo que cria designs a partir de pesquisas em estágios iniciais, que teria se mostrado animado sobre as possibilidades de usar o aparelho sem olhar para ele, por exemplo, pausando uma música sem precisar tirar o dispositivo de dentro bolso.

Outro realce de Jokinen é que o modelo poderia ser usado quando se está de luvas - ao contrário dos multitouch. A desvatagem seria a necessidade de usar as duas mãos para manuseá-lo. Mas o engenheiro não revelou quando a novidade poderia chegar ao mercado.

Geek

compartilhe

publicidade