2 eventos ao vivo

Smartphones serão mais de 50% do mercado em 2014, diz ministro

Paulo Bernardo afirmou que a desoneração de PIS/Cofins sobre os celulares inteligentes ajudará a expandir a venda dos aparelhos

22 mai 2013
14h44
atualizado às 14h47
  • separator
  • comentários

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nesta quarta-feira que o governo federal prevê que em 2014 mais de metade dos aparelhos de telefonia móvel habilitados no país sejam smartphones.

O ministro afirmou que a recente desoneração de PIS/Cofins sobre os celulares inteligentes, por exemplo, ajudará a expandir a venda dos aparelhos. "No ano que vem, mais de 50 por cento dos celulares habilitados serão smartphones", disse ele durante seminário promovido pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Bernardo disse ainda que o governo pretende conversar com governos estaduais sobre redução de alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre banda larga fixa.

"Estudos preliminares mostram que cobrar taxa menor de ICMS reduz preço do serviço e aumenta o número de clientes nos Estados. E esse aumento da base compensa o que se deixa de arrecadar", disse o ministro sem dar mais detalhes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade