0

Confeiteira tem imagem de bolo retirada do Facebook por nudez

A confeiteira afirmou que a imagem foi retirada do ar após uma denúncia anônima

20 mar 2014
09h21
atualizado às 09h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma confeiteira britânica teve sua página censurada pelo Facebook por exposição à nudez, ao publicar a imagens de um bolo e do símbolo de sua empresa, com duas sereias com os seios de fora e os mamilos expostos. Rhu Strand criticou, por meio de seu blog, a rede social por remover as fotos; ela afirmou que estava em choque por receber um e-mail do site condenando as imagens que estavam desenhadas.

A confeiteira afirmou que as imagens foram retiradas do ar após uma denúncia anônima de um membro que reportou as imagens da página de sua empresa de design de bolos, a Pimp My Cake with Mama Rhu. “Porque eu publiquei meu novo logo com a sereia de topless, o Facebook  considerou uma violação da cláusula de nudez dele”, afirmou Strand que ainda teve seus acessos bloqueados à página por 24 horas.

A regra do Facebook proíbe além da nudez, discurso de ódio, pedofilia, ameaças, incitação à violência, pornografia e violência gratuita.

O logo em questão foi feito pela designer Kelly Jones a pedido de Rhu Strand, como parte de sua “tristeza” e “frustração”, a confeiteira lançou uma campanha para combater os duplos padrões do Facebook sobre este tipo de imagem, a #leaveartalone (deixe a arte em paz); e está organizando um protesto na rede social para o próximo domingo (23).

Moradora de Lovedan (Inglaterra), Rhu Strand deixou seu trabalho como assistente administra há cinco anos  para montar sua empresa de confeitaria e design de bolos.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade