3 eventos ao vivo

Analista: escassez de telas reduzirá estoque do iPad mini

25 out 2012
09h19

O estoque do iPad mini deve terminar antes do esperado, é a previsão da empresa de análises de mercado Display Search. O motivo: aumento na procura em função do preço mais baixo e dificuldades entre os fornecedores para disponibilizar as telas de 7,9 polegadas.

Segundo analista, o estoque inicial do iPad mini deve ficar aquém da demanda
Segundo analista, o estoque inicial do iPad mini deve ficar aquém da demanda
Foto: Divulgação

Infográfico: Os tablets mini: compare modelos disponíveis no mercado

"Como sempre, esperamos um suprimento mais restrito inicialmente, especialmente para os modelos de US$ 329", escreve Richard Shim, analista da Display Search.

No caso do iPhone 5, por exemplo, o lote inicial se esgotou em cerca de uma hora de pré-venda. Em três dias, disse a Apple, foram 5 milhões de unidades comercializadas.

De acordo com Shim, a Apple está expandindo a base de fornecedores com novos parceiros para o iPad mini. Entre eles está a LD Displau, que fornece para a Foxconn, que finaliza a montagem dos produtos. Além disso, outra fabricante de telas, a AUO, está entrando no roll de fornecedores, entregando dos displays à Pegatron. No entanto, segundo Shim, a AUO está tendo dificuldades para entregar os painéis de 7,9 polegadas, o que está restringindo a entrega da Pegatron.

Em setembro, a AUO teria entregue apenas 100 mil unidades. O plano é chegar a 400 mil unidades em outubro e 800 mil unidades em novembro. Dezembro, deve chegar a 1 milhão de telas, apenas com a AUO.

Além disso, Shim observa que a maior fornecedora de telas da Apple, a Samsung, parece estar se distanciando da empresa americana em função das recentes batalhas judiciais envolvendo patentes nos tablets e outros dispositivos móveis.

Matéria do jornal Korea Times publicada nesta semana indicava que a Samsung cessaria a produção para a Apple até o final de 2013, já desacelerando as entregas neste ano. Dias depois, a Samsung desmentiu as declarações e reafirmou a parceria.

O mini-tablet da Apple foi anunciado na última terça-feira durante evento realizado em San Jose, na Califórnia. O iPad mini conta com tela de 7.9 polegadas e a mesma resolução do iPad 2 - que, apesar dos rumores indicando o fim de sua produção, continuará sendo vendido. O novo produto será comercializado nas cores branca e preta a partir de US$ 329.

O aparelho conta com processador A5 de dois núcleos, câmera frontal FaceTime HD e câmera traseira iSight de 5 megapixels, com gravação em 1080p. A bateria dura cerca de 10 horas, segundo a Apple, e é recarregada através da entrada Lightning - a mesma do iPhone 5, anunciado há aproximadamente um mês. O produto é 23% mais fino e 53% mais leve que a terceira geração do iPad.

Fonte: Terra
publicidade