PUBLICIDADE

Apple e Microsoft brigam pelo uso do termo "App Store"

12 jan 2011 15h12
Publicidade

A Apple pediu ao escritório de patentes dos Estados Unidos o registro do termo "App Store" como de propriedade da empresa. A companhia de Steve Jobs afirma que o termo dá nome a um serviço seu e reivindica sua exclusividade. Porém, o segundo o site espanhol 20 minutos, a Microsoft entrou na briga, e diz que a Apple não pode impedir os concorrentes de utilizar um nome genérico.

Apple defende que as pessoas relacionam o termo ao serviço de venda de aplicativos da empresa
Apple defende que as pessoas relacionam o termo ao serviço de venda de aplicativos da empresa
Foto: Reprodução

O órgão responsável pelo registro de marcas nos EUA deve decidir se "App Store" é um termo ligado à Apple ou se é um conceito geral, que no fim das contas quer dizer "loja de aplicativos". Os advogados da Microsoft, segundo o site espanhol, entendem que a abreviação de aplicativo para app é comum, e seu uso não pode ser limitado pela semelhança com a marca Apple.

Por outro lado, a Apple defende que as pessoas relacionam o termo ao serviço de venda de aplicativos da empresa. A companhia diz ainda que o uso da expressão na imprensa especializada é muito frequente e remete a uma referência à marca Apple.

Fonte: Redação Terra
Publicidade