0

Apple permite que Verizon venda iPads nos EUA

14 out 2010
19h00
atualizado às 19h50

A Apple permitiu nesta quinta-feira que a Verizon Wireless venda iPads em suas lojas dos Estados Unidos, decisão que rompe com o monopólio que mantinha com a AT&T e representa uma boa notícia para os que esperam há anos que o fabricante faça o mesmo com o iPhone.

A Verizon venderá a versão do iPad que só permite conexão à rede por Wi-Fi
A Verizon venderá a versão do iPad que só permite conexão à rede por Wi-Fi
Foto: Reuters

Sobre essa possibilidade, nem a operadora de telecomunicações, a maior dos Estados Unidos, nem o fabricante tecnológico deram mais detalhes, mas o anúncio de que a Verizon venderá o "tablet" da Apple disparou rumores que apontam que a ruptura do monopólio dos IPhones está muito próxima.

Embora o acordo entre as companhias só afete os Estados Unidos, a notícia atraiu a atenção de usuários de todo o mundo, já que permite adivinhar um relaxamento na política da Apple.

Esta é a primeira ocasião em que a Verizon poderá comercializar algum produto da Apple em seus quase dois mil estabelecimentos, onde chegará no dia 28 de outubro.

Foi divulgado também que a AT&T, operadora que possui o monopólio para vender o iPhone nos Estados Unidos, também comercializará iPads em suas lojas a partir da mesma data.

A Verizon venderá a versão do iPad que só permite conexão à rede por Wi-Fi e oferecerá a seus clientes um dispositivo do tamanho de um cartão de visitas, chamado Mi-Fi, que custará US$ 130.

Este dispositivo fará o papel do modem e facilitará a conexão do iPad à rede da Verizon quando o usuário não puder aceder a internet por Wi-Fi.

EFE   
publicidade