Eletrônicos

publicidade
03 de maio de 2011 • 10h22 • atualizado às 14h36

Com Bing, Flash e Angry Birds, BlackBerry World faz 10 anos

O tablet da Research in Motion é uma das estrelas do evento
Foto: AP
Emily Canto Nunes
Direto de Orlando

Na manhã desta terça-feira (3), primeiro dia oficial de atividades do BlackBerry World, nos Estados Unidos, Mike Lazaridis, presidente e co-CEO da RIM reforçou as características técnicas do seu recém-lançado tablet, o PlayBook, do smartphone anunciado na terça-feira, o Bold 9900 - o mais fino da BlackBerry, lembrou já divulgada parceria com a Adobe e uma nova, com a Microsoft. Também anunciou a chegada do game Angry Birds para o tablet da RIM.

O evento, que reúne até quinta-feira empresas, parceiros e usuários de BlackBerry de todo o mundo em Orlando, e que antes se chamava WES (Wireless Enterprise Symposium), comemora dez anos.

Em uma apresentação em 3D (recurso desnecessário) para um auditório lotado do Orlando World Center Marriot, Lazaridis apresentou as características que tornam o PlayBook um produto "único", como a qualidade do processador e da tela, sua capacidade multitarefa e suas duas câmeras HD que fazem fotos e vídeos de alta resolução. De acordo com ele, o produto foi bem recebido pelo mercado nestas quase duas semanas desde o lançamento em 19 de abril nos Estados Unidos e no Canadá.

Lazaridis reforçou também um dos diferenciais do tablet frente ao iPad: o acesso aos conteúdos em Flash. "A experiência do usuário não pode ser comprometida", afirmou o co-CEO. Para demonstrar o poder do Flash e sua importância para os dispostivos com acesso à internet, Lazaridis citou um sem número de vídeos, games, sites e outros que utilizam a tecnologia da Adobe.

No palco com Lazaridis, Shantanu Narayen, presidente e CEO da Adobe, reafirmou o compromisso da empresa com a RIM e com o tablet da empresa. O executivo aproveitou a oportunidade para anunciar um pacote de atualização de seus programas, o Adobe Creative Suite 5.5, que dará aos desenvolvedores a oportunidade de criar aplicativos para o PlayBook utilizando a tecnologia Flash.

O co-CEO da RIM, que recentemente passou por uma saia justa com um jornalista da BBC que o questionou sobre a segurança do usuário na Índia e no Oriente Médio, arrancou aplausos da plateia ao anunciar o game Angry Birds para o PlayBook. Em seguida, ele lembrou que o aplicativo do Facebook para PlayBook é o primeiro desenvolvido para tablets.

Em seguida, subiu ao palco o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, que com todo o seu humor deixou de lado o Windows Phone e anunciou uma parceria entre a Microsoft e a RIM para serviços de computação em nuvem. Através do Bing, site de busca similar ao Google e que oferece serviços parecidos, como busca por reconhecimento de voz e de imagem, os smartphones BlackBerry terão essas e outras funcionalidades como mapas e serviços de localização com realidade aumentada.

Ballmer disse ainda que a Apple ajudou, sim, a criar o mercado de desenvolvedores de aplicativos, mas que os limita muito com suas imposições. A empresa de Steve Jobs, segundo seu maior concorrente, não dá abertura ao usuário e às corporações, que precisam ter suas necessidades atendidas. "Queremos melhorar a experiência das pessoas e das empresas que usam smartphones BlackBerry com os serviços e o conhecimento de cloud computing da Microsoft", afirmou Ballmer.

Com duas parcerias fortes divulgadas, Lazaridis disse nunca se sentir tão seguro sobre o futuro da RIM e da BlackBerry. Por fim, para o delírio da plateia entusiasta da marca, o co-Ceo anunciou que cada participante do evento receberá um PlayBoook de 16 GB.

A jornalista participa do BlackBerry World a convite da RIM.

Terra