Escola dos EUA torna obrigatório uso de iPad pelos alunos

25 jan 2011
17h11
atualizado às 17h37

Uma escola privada do estado americano do Tennessee exigirá o uso de iPads pelos estudantes de 8 a 18 anos com o objetivo de substituir os livros didáticos pelos tablets eletrônicos, informa nesta terça-feira a imprensa local.

Tablet da Apple será obrigatório, substituindo livros didáticos de alunos de 8 a 18 anos
Tablet da Apple será obrigatório, substituindo livros didáticos de alunos de 8 a 18 anos
Foto: Reuters

A Webb School of Knoxville oferecerá aos alunos com menos recursos opções de aluguel de iPads, que custam no mercado americano US$ 500, indica Jim Manikas, diretor de tecnologia da instituição. Ele explica que a medida também representa uma questão de "saúde" para os alunos, que, com o uso de tablets, deixam de carregar muitos livros e evitam mochilas pesadas.

"Temos alunos que carregam quase 20 kg de livros didáticos, enquanto um iPad pesa menos de 1 kg", afirma Manikas em declarações à imprensa americana. Os funcionários da escola afirmam que sites de redes sociais como Facebook e Twitter terão acesso bloqueado dentro da instituição.

Elli Shellist, professora de inglês da Webb School, se mostrou "entusiasmada" com a medida. "Há coisas que podemos fazer muito melhor com esses tablets eletrônicos do que em textos de papel", disse.

A escola do Tennessee se soma assim a outras instituições educacionais como a Seton Hill University, no estado da Pensilvânia, e a Universidade de Notre Dame, em Indiana, que anunciaram cursos exclusivamente por meio de iPads.

EFE   
publicidade