Eletrônicos

publicidade
02 de junho de 2010 • 16h52 • atualizado às 17h36

Intel mostra tablet com sistema operacional MeeGo

O modelo da fabricante Quanta, chamado Redvale, usa um processador Atom, da Intel
Foto: Zumo Notícias

A Intel mostra na Computex Taipei 2010 um protótipo de tablet estilo iPad usando sua nova família de processadores Atom e com o sistema operacional MeeGo, desenvolvido em parceria com a Nokia. O modelo foi criado pela fabricante Quanta, mas diversos fabricantes e operadoras de telecomunicações anunciaram seu apoio à nova plataforma durante a Computex.

O modelo da Quanta, chamado Redvale, usa um processador Atom, da Intel, codinome "Moorestown", que pode ser usado em smartphones, handhelds e tablets em conjunto com outros componentes, formando uma nova plataforma móvel. Segundo a Intel, essa plataforma, que inclui o chip Atom da série Z6 e um controlador de sinal sem fios, permite maior duração da bateria, realiza tarefas simultâneas e exibe vídeos em alta definição.

Além da Quanta, a Acer mostrou interesse no MeeGo: o presidente da empresa, Gianfranco Lanci, comentou que "a plataforma aberta de software do MeeGo vai oferecer aos consumidores mais uma opção de sistema operacional amigável e fácil de usar". Além da Acer, as operadoras Orange, Telecom Itália e Telefônica disseram que vão apoiar produtos com MeeGo em suas redes.

O MeeGo foi anunciado em fevereiro pela Intel e Nokia, e ele surge da fusão dos sistemas Moblin, da Intel, e Maemo, da Nokia. Ambos são baseados em software livre, e o primeiro aparelho deve ser lançado já no segundo trimestre deste ano.

O MeeGo terá código aberto e será mantido pela Linux Foundation. Desenvolvedores poderão usar o mesmo ambiente de desenvolvimento já usado hoje para Maemo e Symbian, chamado Qt, e vender aplicativos tanto na Nokia Ovi Store quanto na Intel AppUp Center.

Zumo Notícias