0

Google anuncia demissão de 4.000 na Motorola

Nova York, 13 Ago 2012 (AFP) -A empresa de internet Google anunciou nesta segunda-feira a demissão de 4.000 funcionários na Motorola, dois terços deles fora dos Estados Unidos, para tentar recuperar a fabricante de telefones celulares que comprou em maio.O Google se comprometeu a compensar os trabalhadores afetados com "generosas indenizações" de demissão e com programas de reposicionamento profissional, informou um porta-voz da empresa em um comunicado.A "estratégia" pretende "facilitar o retorno dos lucros na unidade de telefonia celular" da Motorola, completou.A informação foi revelada nesta segunda-feira pelo site do jornal New York Times, que destaca que a Motorola informou aos funcionários no domingo que suprimirá 20% dos postos de trabalho e fechará um terço dos 94 escritórios em todo o mundo.Um terço das demissões acontecerá nos Estados Unidos, confirmou ao jornal Dennis Woodside, o novo diretor geral da Motorola.O Google não revelou até o momento nenhum detalhe sobre a localização exata das demissões fora dos Estados Unidos.O gigante da internet destacou "compreender até que ponto isto será difícil para os funcionários envolvidos", mas informou que "espera com esta estratégia criar novas oportunidades e obter o retorno do lucro para o departamento de celulares da Motorola".A empresa pretende retirar a Motorola dos mercados não rentáveis e interromper a produção de uma série de telefones celulares, passando a priorizar alguns modelos específicos.Ao mesmo tempo, a Motorola reduzirá as operações na Ásia e concentrará suas atividades de pesquisa e desenvolvimento em Chicago, Sunnyvale (Califórnia) e Pequim.Esta medida é a primeira etapa na estratégia concebida pelo Google para recuperar a fabricante do famoso celular Razr.No ano passado, a Motorola tentou recuperar o vigor financeiro com o lançamento do tablet Xoom, mas a iniciativa teve pouco sucesso.A Motorola foi comprada em maio pelo Google por 12,9 bilhões de dólares, uma aquisição que permite ao gigante virtual controlar a fabricação de aparelhos que utilizamn seu sistema operacional para smartphones Android, além de assumir o domínio de quase 17.000 patentes.Rebatizada de Motorola Mobility no ano passado, depois da divisão com o setor especializado em rádios Motorola Solutions, o grupo com sede na região de Chicago apresentou as primeiras patentes de telefonia móvel nos anos 1970.Depois de liderar o mercado por muito tempo, a empresa começou a perder terreno com o lançamento dos smartphones, um território dominado atualmente por Apple e Samsung.etr/fp

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade