0

Governo estuda trocar valores do leilão 4G por investimentos

14 mai 2013
18h37
atualizado às 18h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O governo estuda trocar valores empenhados no pagamento de licenças de radiofrequências por investimentos em infraestrutura de telecomunicações, como fibra ótica, afirmou nesta terça-feira o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

A medida está sendo considerada para o leilão da frequência de 700 megahertz (MHz), que será destinada à telefonia móvel de quarta geração (4G), previsto para o começo de 2014.

"Quanto vale a frequência de 700 MHz? Nós pretendemos trocar isso (valor da licença) por construção de infraestrutura", disse o ministro a jornalistas em evento em Brasília, acrescentando não saber o valor exato. Ele ressaltou que um modelo final ainda não foi fechado.

Bernardo citou como exemplo desse tipo de contrapartida o leilão 4G da faixa de 2,5 GHz, realizado em meados de 2012, no qual as operadoras tiveram que firmar compromissos de ampliação da telefonia rural.

O ministro havia dito em abril que o investimento na infraestrutura de banda larga no país demandaria cerca de 125 bilhões de reais nos próximos 10 anos, incluindo redes de longa distância.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade