0

Hackers criam apps para dar transparência a ações da Câmara

29 out 2013
14h30
atualizado às 14h31
  • separator
  • comentários

Nesta terça-feira, 50 hackers iniciaram uma maratona na Câmara dos Deputados para desenvolver projetos de aplicativos com o objetivo de dar mais transparência ao Legislativo do País. Os programadores têm até sexta-feira para completar suas criações na fase final do primeiro Hackaton da Casa.

<p>Hackers devem desenvolver prot&oacute;tipos at&eacute; sexta-feira, e depois t&ecirc;m uma semana para concluir projetos</p>
Hackers devem desenvolver protótipos até sexta-feira, e depois têm uma semana para concluir projetos
Foto: Antonio Augusto / Agência Câmara
<p>Ser&atilde;o tr&ecirc;s vencedores que ganhar&atilde;o R$ 5 mil cada</p>
Serão três vencedores que ganharão R$ 5 mil cada
Foto: Antonio Augusto / Agência Câmara

Os 50 participantes foram escolhidos entre 183 inscritos e, juntos, apresentaram 27 propostas de aplicativos. Entre as ideias estão um jogo para compreensão do processo legislativo, um mapa da seca no Brasil para monitoramento pela Comissão de Meio Ambiente e um programa para acompanhar a atuação parlamentar da bancada feminina.

Coordenador do evento, Cristiano Ferri acredita que a medida deve estimular a interação entre sociedade e parlamentares
Coordenador do evento, Cristiano Ferri acredita que a medida deve estimular a interação entre sociedade e parlamentares
Foto: Antonio Augusto / Agência Câmara

O coordenador do evento e servidor da Câmara, Cristiano Ferri, acredita que a medida deve estimular a interação entre a sociedade e os parlamentares. "Quanto mais a sociedade souber e conhecer o processo legislativo, melhor vai ser sua capacidade de influenciar e de fazer criticas construtivas", afirma.

A facilitadora do encontro e representante do coletivo Transparência Hacker, Daniela Silva, concorda. "O mais importante é estimular uma cultura política de abertura e permitir que a sociedade civil se articule com o Legislativo", resume.

Câmara pretende disponibilizar os três aplicativos vencedores para download
Câmara pretende disponibilizar os três aplicativos vencedores para download
Foto: Antonio Augusto / Agência Câmara

Os participantes da Hackaton terão três dias para apresentar protótipos de seus aplicativos. Depois dessa etapa, será mais uma semana para a execução das versões finais.

A comissão julgadora - composta por nove integrantes, sendo sete de fora da Câmara - irá escolher as três melhores propostas. As equipes ganhadoras receberão, cada uma, R$ 5 mil de prêmio com patrocínio do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis).

A ideia é que os três aplicativos ganhadores estejam no site da Câmara e disponíveis para acesso público até o final de novembro.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/tecnologia/infograficos/hackers-famosos/&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/tecnologia/infograficos/hackers-famosos/&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;Hacker: Jogo da mem&amp;amp;amp;amp;oacute;ria hacker&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Agência Câmara

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade