0

Pesquisa: 82% dos empregados usam notebook pessoal no trabalho

22 nov 2012
14h21

Oito em cada dez empregados na América Latina utilizam laptops pessoais no local de trabalho. O número faz parte de pesquisa realizada pela empresa de segurança ESET. Os notebooks próprios são usados por 82% dos entrevistados. Já os smartphones, por 55%. A lista segue com os tablets (25%) e MP3 players (17,8%).

Infográfico: Ciberguerra: conheça os vírus Stuxnet, Flame, Duqu e Gauss
Infográfico: Phishing: conheça o golpe e veja dicas para se proteger

Conforme especialistas da ESET, se a tendência de uso de equipamentos próprios no ambiente de trabalho promete aumentar a produtividade e reduzir custos para as empresas, por outro lado, cria novos riscos à segurança da informação. Entre eles estão a exposição da rede corporativa a malwares, o roubo ou extravio de informações sensíveis, ataques de phishing e spam.

"Esse conceito de os usuários utilizarem seus próprios equipamentos no ambiente de trabalho é um caminho sem volta. No entanto, as empresas precisam criar políticas no sentido de minimizar riscos potenciais à segurança da informação", diz Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET Brasil.

Para Di Jorge, não se trata de proibir o uso de equipamentos pessoais no ambiente profissional, mas sim de analisar os riscos a que as empresas estão expostas com essa modalidade e tenham regras e tecnologias adequadas para evitar que isso abra brechas para ataques à segurança e vazamentos de informações.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade