0

Software simula evacuação de locais com multidão

19 nov 2012
13h43
atualizado às 13h45

Um software inédito desenvolvido pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) é capaz de simular o processo de evacuação de um local com grande número de pessoas, como estádios de futebol, shows, escolas e prédios, levando em conta tumultos, emergências ou momentos de pânico. Pesquisadores do Laboratório de Simulação de Humanos Virtuais da Faculdade de Informática da PUCRS já fizeram testes do programa no Engenhão, no Rio de Janeiro.

CrowdSim é uma ferramenta de modelagem e animação 3D
CrowdSim é uma ferramenta de modelagem e animação 3D
Foto: Divulgação

Nos testes no Engenhão, dados da estrutura física, capacidade de lotação e ocupação durante os jogos foram levantados para configurar a ferramenta. Os resultados mostraram que o local pode ser evacuado em 6 minutos e 30 segundos em uma situação normal e com pouco mais de 46 mil pessoas, a lotação máxima do estádio. Outra simulação mostrou que, se o caracol esquerdo estivesse interrompido, o tempo aumentaria para 7 minutos.

O CrowdSim é uma ferramenta de modelagem e animação 3D, que leva em conta os diversos fatores que podem influenciar no resultado de uma evacuação. Além de simular o esvaziamento dos locais, ele ajuda a decidir onde instalar câmeras de segurança e saídas de emergência, além de sugerir ampliação de corredores e portas.

"Simulações computacionais trazem resultados realistas, sem qualquer risco e com baixo custo, criando um processo de aprimoramento da segurança e do conforto. Podemos agregar comportamentos diferenciados como o trajeto de pessoas com dificuldades de locomoção ou crianças que se perdem dos pais", afirma a coordenadora do projeto, Soraia Raupp Musse.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade