0

Tecnologia permite streaming de vídeos HDR em tempo real

30 nov 2012
18h41
atualizado às 18h43

Pesquisadores apresentaram na quinta-feira uma tecnologia capaz de comprimir vídeos HDR em tempo real, com mínima perda de qualidade, o que permite a transmissão em tempo real dessas imagens. O HDR é conhecido também como "brilho verdadeiro", porque consegue imitar, em vídeo, os detalhes que o olho humano percebe de diferença de luz.

Professor Alan Chalmers e pesquisador Maximino Bessa exibem transmissão em tablet
Professor Alan Chalmers e pesquisador Maximino Bessa exibem transmissão em tablet
Foto: Universidade de Warwick / Divulgação

Cientistas da Universidade de Warwick, na Inglaterra, em parceria com a INESC Tec, de Portugal, criaram uma forma de encodar o HDR a partir do algoritmo de compressão de vídeo da goHDR. Na prática, significa permitir que filmagens em alta resolução com brilho de verdade sejam transmitidas via internet para dispositivos como tablets e smartphones.

"Antes a compressão de arquivos HDR tinha de ser feita offline. Isso significa que os dados de vídeo HDR de uma câmera tinham que primeiro ser armazenados em discos especiais de alta velocidade, encodados e finalmente transmitidos. Isso poderia levar vários minutos, impedindo transmissões ao vivo", explica Alan Chalmers, professor da Warwick e diretor de Inovação da goHDR.

A alta qualidade e fidelidade de luz do HDR, apesar de melhorar a imagem, por outro lado significa a criação de arquivos muito pesados - o equivalente a um CD inteiro de dados a cada segundo de filmagem. O algoritmo da goHDR comprime essas informações de 150 para 1, e a tecnologia da Warwick com a INESC Tec permitem encodar até 60 frames por segundo com resolução de 720p.

Entre as possibilidades que a descoberta oferece estão jogar games online com imagem em HDR - a maioria dos games já é gerada em HDR, mas a experiência até agora não chega ao usuário por causa do gargalo na hora de encodar. A tecnologia permite também, por exemplo, que um usuário com uma câmera pessoal filme manobras ao vivo de skate enquanto seus amigos assistem, em tempo real, de casa. Além disso, câmeras de segurança poderiam transmitir imagem de alta resolução com capacidade para identificar pessoas mesmo em condições de extrema luminosidade ou falta dela.

"Nossa expectativa é de que no futuro seja até possível, graças ao encodamento em tempo real, capturar e transmitir imagens em HDR a partir de dispositivos móveis", acrescenta Chalmers. Maximino Bessa, pesquisador chefe da portuguesa INESC Tec, completa: "dispositivos móveis estão rapidamente se tornando o principal meio para ver conteúdos e jogar games. Entregar imagens HDR a um tablet é mais um passo adianta na experiência de visualização em dispositivos móveis".

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade