5 eventos ao vivo

Uso dos mapas da Apple cai de 35% para 4% dos usuários do iOS 6

1 out 2012
08h52
atualizado às 08h55

Pesquisa da empresa de gestão de dados Snappli indica que o uso da ferramenta da mapas da Apple caiu de 35% dos usuários de iOS, no primeiro dia, para 4% poucos dias depois da liberação. Foram analisados 5 mil usuários nos Estados Unidos e no Reino Unido, segundo o site Electronista.

Problemas nos mapas da Apple acabaram provocando debandada do serviço
Problemas nos mapas da Apple acabaram provocando debandada do serviço
Foto: The Amazing iOS 6 Maps / Reprodução

Antes da troca do sistema de mapas do Google por um próprio da Apple, o Google Maps tinha 25% de participação pelos usuários.

Na última sexta-feira, o CEO da Apple, Tim Cook, publicou uma carta aos clientes em que pede desculpas pelos erros no serviço próprio e mapas da companhia e sugere que os usuários baixem outros serviços se estiverem insatisfeitos.

"Enquanto estamos melhorando o Maps, você pode tentar alternativas baixando aplicativos de mapas na App Store como o Bing, MapQuest e Waze, ou usa o Google ou Nokia Maps indo aos sites e criando um ícone para sua tela inicial", escreveu o CEO.

Desde a chegada do iOS 6 na semana passada, os usuários vêm reclamando de erros no serviço. Falhas de localização e em nomes de locais, a ausência de informações sobre transporte público e defeitos na renderização dos mapas são as reclamações mais frequentes.

Tim Cook afirma no texto que a Apple sempre se esforçou por fazer produtos de classe mundial e, com o lançamento dos mapas, ficou abaixo desse compromisso. "Estamos extremamente tristes pela frustração que isso causou aos nossos clientes e estamos fazendo tudo que podemos para tornar o Maps melhor", escreveu.

Segundo Cook, já existem mais de 100 milhões de aparelhos com iOS usando os novos mapas da Apple. Em uma semana, os usuários já buscaram por quase 500 milhões de locais no serviço, segundo ele.

Fonte: Terra
publicidade