0

Windows 8: menos de 2 em cada 5 usuários querem upgrade

21 nov 2012
12h03

Menos de dois em cada cinco usuários de Windows planejam mudar para a versão mais recente do sistema operacional da Microsoft, aponta pesquisa divulgada pelo site Huffington Post.

Sistema operacional da Microsoft não desperta muito intersse de usuários
Sistema operacional da Microsoft não desperta muito intersse de usuários
Foto: Reuters

Infográfico: Batalha das versões: escolha seu Windows preferido

Segundo a pesquisa, o sistema operacional lançado no mês de outubro desperta poucas intenções de upgrade. Foram 38,6% dos entrevistados respondendo que "muito provavelmente" atualizarão seu sistema operacional. Enquanto isso, 27,4% disseram que "provavelmente não" adotarão o Windows 8. Outros 29,4% não têm interesse e 4,5% declararam não usar o Windows.

O estudo concorda com outra pesquisa, realizada pela Associated Press e a GfK, com 1,2 mil adultos, mostrando que 52% não tinham ideia da chegada nova versão do líder absoluto de mercado.

De acordo com o

Huffington Post

, mesmo entre os entrevistados que sabiam da existência do programa, 61% disseram ter muito pouco ou nenhum interesse em um computador rodando o Windows 8.

A Microsoft investiu entre US$ 1,5 bilhão e US$ 1,8 bilhão em marketing para promover a nova versão do seu sistema operacional, informou a revista Forbes. A quantia corresponde a três vezes o valor investido no lançamento do Windows Phone 7, há dois anos.

Novo visual, novas dificuldades
O novo design do Windows, que dispensa o botão "Iniciar" e apresenta interface mais voltada para dispositivos cuja tela é sensível ao toque, com itens quadriculados para ativar aplicativos, pode surpreender alguns usuários por ser uma ruptura grande com relação ao sistema tradicional. A demanda inicial pareceu sólida, mas clientes estão receosos, segundo pesquisas.

Para especialistas, os usuários levarão até duas semanas para se adaptarem à nova interface.

As primeiras críticas ao Surface - tablet que é o hardware carro-chefe do lançamento - mostram contradições, com elogios ao design esguio do aparelho, mas queixas quanto à duração da bateria e o número limitado de softwares e aplicativos disponível.

Ciclos do Windows

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade