inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Microsoft lança versão final do Internet Explorer 7

18 de outubro de 2006 23h56 atualizado em 19 de outubro de 2006 às 12h31

A Microsoft finalmente lançou, nesta quarta-feira, a versão final do navegador Internet Explorer 7. O programa, totalmente gratuito, está disponível somente no idioma inglês - a versão em português deve chegar nas próximas semanas. O arquivo de instalação tem pouco mais de 14 Mb e pode ser baixado a partir do link abaixo:

  • Baixe o Internet Explorer 7

    Além de aprimorar o navegador no quesito segurança, inclusive com um componente de bloqueio de endereços falsos usados para fraudes online do tipo phishing scam, a Microsoft adicionou uma série de recursos já familiares para quem utiliza seus concorrentes alternativos mais conhecidos, como o Firefox e o Opera.

    Entre as novidades estão as abas, que permitem navegar por várias páginas na mesma janela do programa. O Internet Explorer também ganhou leitor de RSS embutido, além de melhorias na leitura de textos na tela e também na impressão. O visual está mais limpo, com destaque para um campo de busca ao lado da barra de endereços. Vários serviços, incluindo o concorrente Google, estão disponíveis.

    O Internet Explorer 7 está disponível para o Windows XP com Service Pack 2. Durante a sua instalação, o programa pedirá o novo sistema de validação do sistema operacional da Microsoft, que tenta bloquear a inclusão de outros programas da empresa em cópias piratas. Outras versões já suportadas pelo navegador são: XP Pro x64 Edition, Server 2003 x64 Edition, Server 2003 Service Pack 1 e Server 2003 ia64 Edition.

    Cinco anos

    A Microsoft não lançava uma nova versão do Internet Explorer havia cinco anos. A demora e a constante descoberta de falhas de segurança abriram espaço para concorrentes alternativos, sobretudo o Firefox, que chegou a abocanhar mais de 12% do segmento de navegadores. A Fundação Mozilla, inclusive, deve lançar a segunda versão (final) do programa nos próximos dias, acirrando a disputa.

  • Redação Terra