inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Internautas pregam boicote a modelo Cicarelli

09 de janeiro de 2007 10h57 atualizado em 18 de outubro de 2007 às 20h52

Campanha tem até um site que coloca o adesivo do boicote na imagem que você quiser. Foto: Divulgação

Campanha tem até um site que coloca o adesivo do boicote na imagem que você quiser
Foto: Divulgação

A modelo Daniela Cicarelli parece ter se transformado na "inimiga pública número um" dos internautas do País: o bloqueio do site de vídeos YouTube gerou uma onda revolta que está se traduzindo na criação de sites, vídeos e comunidades em redes sociais que pregam o boicote à modelo e às campanhas nas quais ela participa.

» Fórum: opine sobre o bloqueio
» Sites estrangeiros ridicularizam bloqueio

  • » Brasil Telecom confirma bloqueio ao site
  • » Brasileiros relatam bloqueio ao YouTube
  • » Caso ganha repercussão internacional
  • » Advogado diz que bloqueio não é censura
  • » Questão é controversa, diz advogado
  • » Cicarelli pode tirar YouTube do ar no Brasil

    O blog www.boicoteacicarelli.com/ reúne gente disposta a pagar na mesma moeda: se o YouTube só será liberado quando o vídeo do namoro da modelo sair do ar, as pessoas só voltarão a assistir à MTV quando Cicarelli não for mais apresentadora na emissora. "Escolham: a apresentadora ou o telespectador", diz um dos internautas. Outra das sugestões é que se boicote até mesmo o nome da modelo e apresentadora.

    Telefonemas de protesto para a Hope (empresa de lingerie que tem Cicarelli nas campanhas), links para vídeos que ridicularizam a situação (e para o vídeo fatídico do namoro na praia), lista de endereços para protestar também constam no blog, criado há cinco dias.

    No endereço http://elmval.freehostia.com/cicarelli/adesivar.php, você escolhe uma foto, clica em "adesivar" e pronto: a imagem ganha um adesivo do boicote (como a foto acima, à direita). No Orkut, a comunidade "Cicarelli Devolva o Youtube!" já tem mais de 2,4 mil integrantes.

    Viral
    No Rio Grande do Sul, a popularidade do vídeo foi revertida em mais noção de saúde para as pessoas: a campanha do governo estadual contra a dengue faz uma sátira do vídeo da modelo. Na campanha, dois mosquitos gigantes (ela de biquini, óculos e batom, ele de sunga verde) protagonizam cenas amorosas dentro do mar com direito a frases em espanhol. Depois saem da água sorridente, arrumando os trajes de banho.

  • Redação Terra