inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Veja as 10 ofertas mais esquisitas em sites de leilão

23 de janeiro de 2007 12h00 atualizado em 05 de junho de 2007 às 17h13

Cabeças encolhidas com a técnica dos índios Jivaro, do Equador, foram oferecidas em site. Foto: Divulgação

Cabeças encolhidas com a técnica dos índios Jivaro, do Equador, foram oferecidas em site
Foto: Divulgação

Estranhas histórias de vendas "malucas" na Internet somam vários mitos urbanos. Como o que conta sobre o jovem que ofereceu sua virgindade para carecas desde que, depois, o ganhador exibisse sua cabeça pelada com anúncios publicitários. Isso pode ser nada comparado com a realidade de vários sites de leilões online. Compilamos uma lista com as dez ofertas mais raras que alguma vez estiveram disponíveis nesses portais de compra. Detalhe: vários dos artigos inusitados chegaram a receber mais de uma oferta. Divirta-se!

Fotos:
» Cuecas inusitadas na Web
» 'Micos' eternos na Web
» Produtos curiosos para o lar

Veja também:
» Homem vende viagem - com ele junto
» Casal vende neve em site

Uma cabeça verdadeira e encolhida
Diretamente da tribo dos índios Jivaro do Equador para as páginas do eBay, um total de 26 cabeças foi posto à venda. Apenas sete pessoas fizeram ofertas, com a aposta máxima de US$ 25. Presume-se que esta pessoa pôde escolher a cabeça que mais lhe agradava, entre castas de cores do café escuro até o cinza.

Detector de Ovnis
O acessório, fabricado por uma companhia brasileira, é um magnetômetro modificado que, supunha-se, detectava objetos voadores não-identificados. Provou que funcionava quando luzes vermelhas e laranja passaram no céu de São Paulo, mas o aparelho não era 100% garantido com a desculpa de que "o sistema de propulsão dos Ovnis não é igual". Finalmente, dois dispositivos foram vendidos por US$ 135. Não é muito para quem queria realizar o maior descobrimento científico de todos os tempos.

O significado da vida
Alguém conseguiu não só descobrir o sentido da vida como também criou um produto para oferecer nos sites de leilão online. Mesmo com vários interessados, a oferta não durou muito. Talvez os US$ 3,26 pedidos pelo vendedor tenham levantado suspeita, afinal era muito pouco por tamanha resposta.

Examinador russo de lançamentos espaciais
Esta peça de coleção foi anunciada por US$ 2 milhões, mas na verdade tratava-se apenas de um pedaço do aparelho. Nunca se soube o preço da réplica em escala do Bor-5 VKK completo. A melhor oferta foi de US$ 25,2 mil, mas o frete de US$ 5 mil afugentou os potenciais compradores.

Kit para matar vampiros
O sistema para matar os 'mortos-vivos' tinha um estilo totalmente século XIX. Incluía um crucifixo com quatro pontasde prata, uma estaca de marfim, uma garrafa de água benta e outros instrumentos semelhantes. Tudo guardado em uma charmosa caixa de madeira para manter os apetrechos em segurança até o momento de se precisar utilizá-los.

Fantasma em um pote
A história diz que o vendedor encontrou uma velha caixa de madeira enquanto explorava um terreno com seu detector de metais. Dentro dela havia dois potes e um jornal. Um dos potes caiu, liberando uma névoa negra esquisita. O outro pote, junto com o diário, foi levado para a casa do descobridor e dali foi parar em casas de leilão. O vendedor garantiu que logo começou a ser perseguido por algo descrito como "A Coisa Negra". Desejando passar o material para outra pessoa, colocou a oferta no eBay. O objeto foi vendido a um comprador anônimo. A partir daí, surgiram mais vendas de fantasmas.

Míssil Hughes AIM-4D Falcon da aviação norte-americana
Uma arma verdadeira foi colocada à venda, mas foi desarmada antes da transação ser concretizada.

Unhas de um serial killer
Em 1979, Lawrence Bittaker e Roy Norris percorreram o sul da Califórnia numa rota assassina que deixou cinco pessoas mortas. Um bom tempo depois, as unhas de Norris foram oferecidas por quase US$ 10. Vinham anexadas a um cartão de Natal, e inclusive havia uma nota do assassino, assinada com sua impressão digital.

Pintura que dá calafrios
É o arrepiante retrato de um homem, conhecido como "Harold", que se presume ser maldito. O artista foi diagnosticado com câncer terminal no cérebro em 2001. Sabendo que não poderia mais cuidar da sua mulher, portadora de esclerose múltipla, ele pôs dinamite sob o travesseira dela e a explodiu. Depois, pegou uma pistola e se matou. A casa se transformou em cena de crime, com um homicídio e um suicídio. Mais tarde, os novos moradores encontraram uma pintura - o retrato de "Harry" - e a partir do achado começaram a acontecer situações muito estranhas. A família, então, decidiu vender o quadro para espantar o fantasma.

Internet
Se as pessoas podem oferecer lotes de terra na Lua, o que impede alguém de vender a própria 'rede das redes'? Alguém teve a idéia genial de oferecer a Internet pela bagatela de U$ 1 milhão. Teria sido o golpe do século caso alguém tivesse manifestado interesse e a transação se completasse.

Terra Chile