inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Blogs estão 'matando' diários tradicionais, diz estudo

08 de março de 2007 16h35 atualizado às 17h56

Uma pesquisa inglesa comissionada pela emissora Sky para marcar o lançamento da premiação "Sky Young Journalist Awards" confirmou o que já parecia inevitável: os diários virtuais, conhecidos como blogs, estão matando a antiga arte de manter um diário tradicional.

» Japoneses são os que mais lêem blogs
» Jovem gueixa revela segredos em blog
» Microsoft 'empresta' laptop a blogueiros e gera polêmica

De acordo com o site IT Pro, no estudo foram entrevistadas mil pessoas, e foi descoberto que menos de um em cada dez jovens mantém o hábito de escrever um diário tradicional, comparado a 47% que divulgam seus textos online.

Outro dado descoberto é que a média de tempo gasto pelos adolescentes para "blogar" (o ato de escrever em blogs) e visitar sites na Internet como MySpace e YouTube é de 4,5 horas por semana, com 22% dos entrevistados escrevendo em seus diários virtuais pelo menos cinco vezes por semana.

Mesmo com a mudança de "diário tradicional secreto" para "diário virtual aberto", a pesquisa também descobriu que os jovens entrevistados não têm problemas em dividir sua intimidade com amigos e pessoas desconhecidas, mas evitam dividir sua intimidade com pais e familiares: 46% dos participantes disseram que sua família não sabia da existência de seus blogs e confirmara usar pseudônimos para se manterem anônimos aos parentes.

O fato não deixa de trazer medo aos especialistas, já que os diários tradicionais têm importância histórica e literária, como é o caso da garota Anne Frank, que manteve seu diário enquanto se escondia durante a ocupação nazista na Holanda; T.E. Lawrence, militar do Reino Unido que ficou conhecido por seu papel na Revolta Árabe entre 1916 e 1918 e outras tantas figuras históricas.

A Biblioteca Britânica agora trabalha com diversas organizações para coletar arquivos de blogs e encorajar seus autores a arquivarem seus textos, conforme noticiou o site Times Online.

Magnet
Magnet