inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Erro de digitação causa perda de US$ 38 bilhões

20 de março de 2007 13h55 atualizado às 14h49

Um técnico que estava reformatando um drive no Departamento de Finanças do Alasca, nos Estados Unidos, apertou a seqüência de botões errada e apagou um disco com dados avaliados em US$ 38 bilhões.

» Veja os 10 casos mais curiosos de perda e recuperação de dados
» Maioria das empresas de tecnologia sofre com perda de dados

Enquanto fazia um trabalho de rotina, o homem apagou por acidente informações de um conta relacionada a petrolíferas, uma das maiores fontes de renda do Estado, além de reformatar, também sem querer, o disco com a cópia de segurança.

Ainda havia esperança até que o departamento descobriu que o terceiro backup, em fitas, estava ilegível. "Ninguém entrou em pânico, mas instantaneamente começamos a pensar o que aconteceria no pior caso", disse Any Skow, Diretora da Divisão de Fundos Permanentes. A falha acabou gerando um gasto de US$ 200 mil para a divisão.

Nos dias seguintes, a divisão e consultores da Microsoft e Dell trabalharam para recuperar os dados e se tornou evidente que estava tudo perdido. Toda a informação de nove meses havia sumido: cerca de 800 mil imagens escaneadas durante meses, formulários de todo o ano de 2006 e documentação de milhares de pessoas, como certidões de nascimento e comprovantes de residência.

Entretanto, ainda havia um último backup: 300 caixas com muitas folhas de papel. "Tivemos que levar o papel de volta à sala de digitalização e começar tudo novamente", disse Skow. Foi necessário o trabalho de cerca de 70 pessoas, sete dias por semana, 24 horas por dia, durante dois meses.

AP - Copyright 2007 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.