inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Feira de Robótica mostra educação do futuro

16 de abril de 2007 16h04 atualizado às 17h15

Sala de aula do futuro tem como grande novidade o quadro negro, que é uma tela de computador. Foto: Felipe Munhoz/Terra

Sala de aula do futuro tem como grande novidade o quadro negro, que é uma tela de computador
Foto: Felipe Munhoz/Terra

O Salão Internacional de Robótica e Inteligência Artificial apresentou para professores e alunos a Sala de Aula do Futuro. Um lugar com computadores para todos os estudantes, porém, esta não é a grande novidade, mas sim o quadro negro, que se transformou em uma grande tela de computador e não deixou rastros do pó de giz.

» Robô mike diverte as crianças
» Cadeira é movida a piscadas
» Robô faz drinks
» Veja o Aibo e o famoso Sico
» Blusa tecnológica dá abraço virtual

O Smart Technologies é um sistema importado do Canadá, no qual o professor tem todos os recursos que precisa embutidos em um mesmo local: a lousa. Um computador e um projetor completam o material, que deixa a vida do professor muito mais fácil. Na aula do futuro, os mestres escrevem com o dedo na tela e podem aumentar e mover as palavras.

A lousa tem acesso à Internet e roda vídeos. Os mapas de geografia já estão prontos, mas os mais aliviados com o quadro moderno serão, com certeza, os professores de biologia, que poderão dissecar sapos virtualmente, sem sujar as mãos. Os alunos também terão a vida mais fácil, pois a aula toda é arquivada e pode ser enviada para os estudantes.

A lousa custa entre US$ 2 mil e US$ 4 mil, dependendo do tamanho e do conteúdo. "No Brasil, já vendemos mais de mil aparelhos. Algumas prefeituras também já fizeram contato conosco", disse Bruno Vieira, gerente de contas da Smart.

Redação Terra