inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Empresas criam primeiro papel eletrônico colorido

14 de maio de 2007 16h06 atualizado em 15 de maio de 2007 às 17h27

Cada folha mede 35,9 cm na diagonal e pode mostrar mais de 4 mil cores. Foto: Divulgação

Cada folha mede 35,9 cm na diagonal e pode mostrar mais de 4 mil cores
Foto: Divulgação

A joint venture entre LG e Philips, que produz painéis LCD na Coréia do Sul, anunciou um novo papel eletrônico que pode revolucionar a tecnologia de exibição de imagens. Em formato A4 e com a espessura de uma folha de papel comum, o e-paper pode ser dobrado sem que deixe de funcionar e só gasta energia quando a imagem é alterada.

» Veja imagem ampliada
» Papel eletrônico flexível tem nova versão
» Bélgica testa jornal em papel eletrônico

Segundo o site Physorg.com, cada folha de papel tem uma diagonal de 14,1 polegadas (35,9 centímetros) e pode mostrar 4.096 cores. Segundo Chung In-Jae, CTO e vice-presidente da companhia, "este papel marca o início da próxima geração de tecnologias de apresentação de imagens".

O potencial de uso do papel é "incrível e permitirá que nossos clientes desenvolvam novos produtos não só mais úteis como também econômicos no tocante a recursos naturais". A notícia também foi veiculada no site da Forbes. O site Gadjet Labs, da revista Wired, tem fotos do novo papel.

A LG Phillips LCD, Inc. é a segunda maior fabricante de painéis LCD do mundo. Desenvolveu o primeiro e-paper preto-e-branco em outubro de 2005 e lançou um modelo A4 em maio de 2006. Uma demonstração do e-paper monocromático pode ser vista no YouTube, no atalho: dtmurl.com/agh.

Magnet
Magnet