inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Banda de idosos é sensação na Internet

29 de maio de 2007 11h03 atualizado às 15h04

Os quarenta integrantes do grupo têm mais de 90 anos. Foto: BBC Brasil

Os quarenta integrantes do grupo têm mais de 90 anos
Foto: BBC Brasil

Uma banda britânica integrada por 40 pessoas, todas com mais de 90 anos de idade, está causando sensação na Internet cantando uma versão do clássico My Generation, dos roqueiros The Who.

» Veja mais imagens da banda

Poucas semanas após ser gravado, o vídeo do grupo recebeu mais de dois milhões de hits no YouTube, tornando-se o campeão de visitas do site.

A banda, The Zimmers, se apresentou nos Estados Unidos e foi notícia em mais de 60 países. A idéia partiu de Tim Samuels, autor de um documentário que tenta chamar a atenção para o drama de milhões de aposentados britânicos que vivem hoje solitários e abandonados.

São 3,5 milhões de idosos vivendo sozinhos e meio milhão morando em asilos. "Eu quis fazer um documentário que mostrasse como nós tratamos os nossos idosos neste país", disse Samuels. "Se você fosse julgasse uma sociedade pela forma como ela trata seus idosos, estaríamos em apuros", acrescentou.

Voluntários
Mas Samuels não queria apenas mostrar os idosos como vítimas. "A idéia era mostrar como são marginalizados mas também fazer algo que os ajudasse a reagir. Queríamos colocá-los de volta no centro da sociedade. E existe maneira melhor de conseguir isso do que estourar na parada pop?"

Samuels viajou pela Inglaterra procurando idosos que quisessem gravar um single. Segundo ele, a maioria achou a idéia meio ridícula, mas resolveu aceitar.

Alguns já tinham até ouvido My Generation, do The Who.

Abbey Road
Formada a banda, Samuels pediu a ajuda de gente da indústria da música. Mike Hedges, produtor do U2, Dido e The Cure, aceitou produzir o single. Neil Reed, da gravadora X-Phonics, concordou em lançá-lo.

E Geoff Wonfor, diretor do vídeo do Band Aid, resolveu fazer o clipe. Para a gravação, Samuels conseguiu nada mais, nada menos, do que o lendário estúdio Abbey Road, onde os Beatles gravaram.

No dia da gravação, ninguém sabia direito o que ia acontecer. Até que Alf, de 90 anos, pegou o microfone e começou a cantar a letra de My Generation: "I hope I die before I get old" (espero que eu morra antes de ficar velho).

Samuels disse que nesse momento percebeu que algo muito especial estava acontecendo.

O single provocou uma resposta internacional. "É um fenômeno universal", diz Samuels. "Toda sociedade se preocupa com a forma como os idosos são tratados e se comove ao ver um grupo deles se juntar, bem no estilo rock'n'roll, para se fazer ouvir. Com sorte (a experiência) vai questionar alguns preconceitos sobre os idosos."

Além de Alf, outros integrantes do grupo são Buster, de 100 anos. E Winnie, de 99. "Estou me divertindo muito", diz Winnie, apoiada em uma bengala.

"Eu nasci de novo", diz Alf. "Eu tinha 90 anos e estava preso em uma rotina. Agora sinto que estou vivendo novamente."

BBC Brasil
BBC Brasil - BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.