inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Conheça os males da tecnologia do século XXI

25 de junho de 2007 16h28 atualizado em 02 de julho de 2007 às 12h39

O uso obsessivo das novas tecnologias está fazendo com que surjam novos problemas de saúde. Síndromes e doenças diversas aparecem junto com a compulsão pelo uso dos aparelhos como computador, celular e outros.

» Uso freqüente do PC exige cuidados
» Internet desperta novos vícios. Confira o seu
» Estudo: 10% dos internautas pode se tornar viciado

Veja a seguir os males trazidos pela tecnologia desde o ano 2000.

1) Síndrome da vibração fantasma
Quase todo mundo tem celular com vibracall atualmente. Com certa freqüência sentimos o celular vibrar no bolso da calça ou dentro da bolsa e quando olhamos no visor, percebemos que não era nada.

2) "Laptopordose"
Com o valor dos laptops cada vez mais baixo e a qualidade dos aparelhos melhor, a popularização dos notebooks era iminente. Mas tudo tem seu preço. As máquinas são relativamente pesadas e carregá-las para um lado e para o outro o dia todo pode causar fortes dores nas costas, além de dor nas juntas e até mesmo causar danos aos nervos e na coluna.

3) Vício em portáteis
Smartphones já dominaram os Estados Unidos e estão aos poucos entrando no mercado brasileiro. Com telas grandes, teclados melhores e sempre conectados na Internet os aparelhos trazem consigo o vício em estar constantemente atualizado. Viciados vivem com uma ansiedade eterna e ficam sempre conferindo o e-mail.

4) Insônia adolescente causada por celular
Uma quantidade impressionante de adolescentes dorme com seus aparelhos de celular sob o travesseiro ou perto da cama. Um costume crescente é enviar e receber mensagens de texto a qualquer hora da noite. Não se sabe que efeitos a radiação de celular, mas noites mal dormidas certamente não fazem bem.

5) Cansaço ocular
O olho humano está acostumado a mudar o foco constantemente, para objetos pertos e longes. Entretanto, quando se fica muito tempo olhando para uma tela de computador, a distância tende a ser fixa. Ao longo do tempo, pode-se ter dores de cabeça, dor nos olhos, olhos secos, visão embaralhada, sensibilidade à luz e inabilidade temporária de fazer foco.

6) iAudição
Com a praticidade do tocador de MP3 e a qualidade dos fones de ouvido as pessoas estão se expondo cada vez mais a longos períodos de música alta. Perda parcial da audição é um dos problemas que isso pode trazer.

7) Dedo de celular
A maioria dos viciados em portáteis digitam e-mails e mensagens em alta velocidade com os polegares. Este movimento repetido pode causar lesão de esforço repetitivo (LER) e em casos muito extremos até mesmo artrite.

8) "Wiiite"
O novo videogame da Nintendo, o Wii, revolucionou o mundo do jogos eletrônicos. Mas o console também trouxe um novo problema, que já foi batizado de Wiiite. Diferente de outros videogames, o Wii utiliza uma série de movimentos que podem, se feitos em excesso, causar LER no pulso, cotovelo e ombros.

9) Queimaduras de bateria
Diversas baterias de celular e notebook com defeitos de fabricação já explodiram. A Sony fez vários recalls para trocar os produtos. Baterias pirata também podem explodir e vazar com maior facilidade. As queimaduras provocadas por estas explosões podem ser bastante graves.

10) Audição prejudicada
Ouvir música em volume alto por muito tempo pode causar danos à audição. Isso não constitui nenhuma novidade, mas o problema está se tornando mais grave com a enxurrada de aparelhos eletrônicos utilizados pelos jovens para ouvir suas músicas preferidas em alto e bom som. Médicos e pesquisadores alertam para o fato já há algum tempo. Não significa que você vá ficar surdo, mas mesmo pequenos danos já fazem diferença. Portanto, é bom lembrar disso e tentar ouvir música em volumes mais baixos.

Redação Terra