inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Na web, site do Senado vira 'vergonha nacional'

14 de setembro de 2007 15h24 atualizado às 17h51

A busca pela expressão "vergonha nacional" no site de procura Google mostra a página do Senado como a primeira ocorrência entre os resultados. Este fenômeno aconteceu por causa de um movimento nacional liderado por blogs, como reação ao fato do senador Renan Calheiros ter sido absolvido da acusação de ter tido despesas pessoais pagas pelo lobista de uma empreiteira.

» Polonês pode ir para cadeia por insultar presidente na web
» Confira como votaram os senadores
» Entenda as denúncias contra Calheiros
» Opine sobre o caso

O feito foi conseguido através de uma técnica chamada Google Bombing. Blogs estão aplicando a técnica, disseminada de forma viral. Em função da forma como o site indexa dados na Internet, quanto mais gente linkar o termo "vergonha nacional" ao site do Senado, mais acima na página de resultados ficará.

Se for colocado no Google o termo "vergonha nacional" e depois se clicar no botão "Estou com sorte", o site do Senado abrirá direto.

Entenda o caso
O Senado absolveu na última quarta-feira o seu presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), em votação por voto secreto, da acusação de ter tido despesas pessoais pagas pelo lobista de uma empreiteira.

Calheiros foi absolvido por 40 votos a 35 mesmo com a recomendação, pelo Conselho de Ética do Senado, de que fosse cassado. Ele ainda responde a duas outras representações por quebra de decoro.

Uma delas investiga se ele usou a máquina pública para beneficiar a empresa de bebidas Schincariol e a outra se ele usou laranjas para comprar veículos de comunicação em Alagoas.

Redação Terra