inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Dispositivo Bluetooth para celular impede assalto

28 de dezembro de 2007 16h59 atualizado às 17h19

Um homem tentou assaltar uma lanchonete Wendy's em Ohio e foi impedido pela tecnologia moderna quando seus gritos ativaram o telefone celular de uma funcionária, de acordo com a agência UPI. O caso aconteceu em Columbus, Estados de Ohio, nos Estados Unidos.

» Imagens de satélite podem ajudar a solucionar crime
» Pistas hi-tech ajudam a desvendar assassinato
» Usuários de fórum online ajudam a solucionar crimes

Keith Allen Sturgill berrava à funcionária que não atendesse seu telefone, que estava tocando. Sturgill também teve problemas com o cofre, que não pôde ser aberto porque estava no timer, e com uma porta automática que o trancou do lado de fora do estabelecimento.

Sturgill aproximou-se de um empregado da lanchonete que estava levando o lixo para a rua às 8h30 desta quarta-feira e ameaçou-o com uma arma. Quando ficou sabendo que o cofre estava com timer, Sturgill resolveu esperar.

Seus gritos sobre o telefone tocando causaram que o fone Bluetooth da funcionária atendesse automaticamente a chamada e um amigo que trabalha em um banco próximo, notou que algo estava errado e chamou a polícia.

Quando a polícia chegou, o bandido pegou um funcionário refém e depois ameaçou se suicidar. Finalmente ele foi convencido a se entregar e foi acusado de assalto a mão armada e seqüestro.

Redação Terra