inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Decisão da Justiça proíbe 'Counter-Strike' no País

19 de janeiro de 2008 02h55

Febre na Internet e nas lan houses de todo o País, os jogos Counter-Strike e EverQuest, que simulam combates com armas em cenários parecidos com favelas e campos de batalha, estão proibidos em todo o território nacional. Uma decisão da 17ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado de Minas Gerais, expedida em outubro, determina o fim da venda de cópias e a apreensão dos jogos.

» Leia mais notícias do jornal O Dia

Em seu despacho, o juiz Carlos Alberto Simões de Tomaz afirma que os jogos "trazem imanentes estímulos à subversão da ordem social". A multa para quem desobedecer a proibição é de R$ 5 mil.

Gerente de uma lan house em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, Marcelo Ribas, 35 anos, disse que foi pego de surpresa com a proibição. "Não sabia dessa ordem. Vamos cumprir a lei e retirar o jogo do ar."

A proibição, no entanto, dificilmente afastará os adeptos das partidas que simulam tiros e violência, já que o jogo pode ser acessado em servidores em outros países e baixado de sites na Internet. Como informou ontem O Dia um novo jogo, Tropa de Elite Multiplayer, simula operações do Bope em partidas via Internet.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.