inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Microsoft espera que Yahoo aceite proposta rapidamente

04 de fevereiro de 2008 16h19 atualizado às 16h58

A Microsoft afirmou, nesta segunda-feira, que sua não-solicitada proposta de US$ 44,6 bilhões pelo Yahoo é generosa e espera que a diretoria da empresa de Internet e seus acionistas concordem com a aquisição rapidamente.

» Rival acusa Microsoft de violar princípios com oferta sobre Yahoo
» Possível acordo Microsoft-Yahoo geraria monopólio

"Confiamos que a diretoria e os acionistas do Yahoo se unirão a nós rapidamente na decisão de formar um caminho integrado", disse o presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, em um encontro anual de estratégia com analistas.

Os comentários da Microsoft seguem supostas manobras do fim de semana feitas pelo Yahoo, que, segundo fontes familiares com a estratégia da empresa, está considerando uma aliança com o rival Google para rejeitar a proposta da Microsoft.

A empresa também teria recebido contatos preliminares de companhias de mídia, tecnologia, telecomunicações e financeiras, segundo informou outra fonte próxima ao Yahoo.

Na mesma reunião, o vice-presidente-financeiro da Microsoft, Chris Liddell, também afirmou que a companhia pode tomar recursos emprestados pela primeira vez em sua história para financiar a proposta, cuja oferta é de 50% em dinheiro e 50% em ações.

"Se você olhar para o componente de dinheiro... podemos garantir a maior parte disso através de nosso dinheiro em caixa, mas é provável que vamos realmente tomar emprestado pela primeira vez", disse Liddell. "Será uma mistura de dinheiro que temos em mãos mais uma dívida."

Liddell disse ainda esperar que a receita da Microsoft cresça em uma porcentagem de dois dígitos no próximo ano fiscal ¿ que começa em julho ¿ apesar de uma potencial desaceleração da economia norte-americana.
Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.