inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Questão ambiental é cada vez mais importante em TI

20 de fevereiro de 2008 11h20 atualizado às 11h53

Recentemente, o Gartner apresentou seus prognósticos sobre o futuro das organizações de Tecnologia da Informação para 2008. De acordo com a consultoria, as empresas de TI começarão a levar verdadeiramente a sério a questão do meio ambiente. Um terço destas empresas vão considerar ao menos um critério ecológico entre os fatores mais importantes para decidir a aquisição de equipamentos de informática em 2009.

» Tecnologia quer se tornar mais ecológica
» Pesquisa: usuário Apple se preocupa mais com ecologia
» Lançado PC verde que gasta menos energia
» Notebook com peças de madeira é biodegradável

O Gartner destaca os 10 pontos mais importantes de uma lista de cem elementos considerados a cada ano. Inicialmente, a principal motivação corporativa não será idealista e sim orientada a reduzir os custos. Há grandes possibilidades de reduzir o impacto ambiental de equipamentos usados ao longo de seu ciclo de vida. Com o passar do tempo, as empresas vão requerer serviços para melhorar a eficiência energética de seus equipamentos e infra-estrutura, aponta o Gartner.

Antes de 2010, 75% das empresas vão considerar a economia de energia e as emissões de CO2 como critérios fundamentais para as compras de equipamentos de informática. Atualmente, a maioria dos fornecedores desconhece o nível de emissão de CO2 de seus produtos, ainda que vários deles indiquem ter começado medidas para determinar isso.

Dentro de dois anos, os fabricantes já terão determinado com clareza a questão da emissão de CO2 em seus produtos, de maneira a poder usar a informação como argumento em suas campanhas publicitárias.

A este respeito, o Gartner escreve que as grandes companhias internacionais vão exigir dos fornecedores que sejam avaliados para determinar se são ou não "verdes". As informações são do site DiarioTI.com.

Redação Terra