inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Celulares desafiam câmeras com fotos mais nítidas

17 de junho de 2008 13h30 atualizado às 16h35

O novo celular da SonyEricsson tem câmera de 8 megapixels. Foto: Divulgação

O novo celular da SonyEricsson tem câmera de 8 megapixels
Foto: Divulgação

A Sony Ericsson acaba de apresentar o primeiro celular disponível mundialmente e equipado com câmera de alta resolução de oito megapixels, enquanto os fabricantes de celulares renovam seu ataque aos fabricantes de câmeras tradicionais.

» Veja fotos do novo celular da Sony Ericsson
» Sony Ericsson lança novo celular com câmera
» Celular com câmera revela arte virtual na Escócia
» Fórum: opine sobre celulares com câmera

Os melhores celulares com câmeras dispõem, há cerca de um ano, de câmeras de cinco megapixels, comparáveis à maioria das câmeras digitais. Alguns poucos modelos de resolução mais alta são vendidos na Coréia do Sul.

Agora, outros fornecedores devem seguir o exemplo da Sony Ericsson, ameaçando os fabricantes de câmeras, que estavam em vantagem devido a contagens de pixels mais elevadas e a imagens de melhor qualidade.

O modelo C905 Cybershot, da Sony Ericsson, chegará ao mercado no quarto trimestre, em tempo para a temporada de festas. Os analistas dizem que a Samsung Electronics e a LG Electronics também devem lançar, em breve, modelos dotados de câmeras mais poderosas.

A líder entre os fabricantes de celulares, Nokia, equipará seu próximo modelo principal, o N96, com uma câmera de cinco megapixels, mas também está considerado a adoção de câmeras com resolução mais alta.

As vendas de celulares com câmeras há muito superaram as de câmeras tradicionais, o que permitiu à Nokia acrescentar "maior fabricante mundial de câmeras" à sua liderança no mercado de celulares.

Os maiores fabricantes mundiais de câmeras digitais - Canon, Sony e Eastman Kodak - desfrutaram de uma expansão de 24% em seus mercados no ano passado. Mas os gastos dos consumidores devem ser limitados nos principais mercados ocidentais este ano.

"O setor de celulares com câmeras está reduzindo a diferença de qualidade com relação às câmeras digitais, e isso representa oportunidade de crescimento e de atingir novos mercados", disse Neil Mawston, analista do grupo de pesquisa Strategy Analytics.

A Nokia detinha 34% do mercado de celulares com câmeras em janeiro-março, de acordo com a Strategy Analytics, com a Samsung em 20% e a Sony Ericsson em 11%.

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.