inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Cuba utilizará Internet fornecida pela Venezuela

21 de julho de 2008 13h25

Após liberar a entrada de aparelhos celulares e PCs nas casas de seus habitantes, Cuba se rende à rede mundial de computadores importando o serviço do vizinho sul-americano.

» Cuba descarta web para pessoa física
» Cuba libera uso de celulares
» Cuba: blog premiado testa "abertura"
» Fórum: opine sobre a web em Cuba

Segundo o jornal The Inquirer, os dois países fizeram um acordo secreto em 2006 para construir a rede de fibra óptica que levaria a Internet à ilha. A previsão é de que o serviço esteja disponível em 2010.

A rede de fibra deve ter, dentro do território cubano, cerca de 1,5 mil quilômetros de extensão. Isso é mais de 10 vezes o que seria necessário para ligar o país ao estado americano da Flórida: apenas 120 quilômetros. O serviço também deverá atender a outros países próximos como Jamaica, Haiti e Trinidad e Tobago, ligando-os ao provedor em La Guaira.

A construção da rede está a cargo da venezuelana CVG Telecom (Corporación Venezolana de Guyana), diz o site Slashdot, em parceria com a cubana ETC (Empresa de Telecomunicaciones de Cuba).

Embora os celulares e outros eletrônicos tenham sido apenas recentemente aceitos na ilha, é comum ver pessoas os utilizando nas ruas, assim como PCs com acesso à Internet estão disponíveis nos hotéis, apesar da baixa velocidade de conexão.

Magnet
Magnet