inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Robô ajuda a evitar imigração ilegal na Inglaterra

23 de julho de 2008 13h55 atualizado às 14h39

O pequeno Hero custa o equivalente a cerca de R$ 19 mil. Foto: Divulgação

O pequeno Hero custa o equivalente a cerca de R$ 19 mil
Foto: Divulgação

Uma das formas de imigração ilegal mais utilizadas na Inglaterra é a entrada no país utilizando a parte inferior de caminhões de carga. Para tentar barrar esta prática, que também vem sendo usada para o tráfico, os ingleses contam com a ajuda de um pequeno robô espião para fiscalizar os veículos que chegam ao país.

» Robôs podem substituir engenheiros astronautas
» Tropas dos EUA terão ajuda de veículos-robôs
» Com '6º sentido' de tubarão robô sente objetos sem tocá-los
» Robôs militares caçam tesouros submersos

O pequeno Hero, da BAE Systems, foi desenvolvido especialmente para se esgueirar por entre os veículos. Equipado com câmeras e sensores, é capaz até de identificar batimentos cardíacos quando equipado com aparelho específico, segundo o site Gizmodo. O Hero também pode detectar materiais químicos, biológicos ou radioativos.

Um exemplar foi apresentado na semana passada na feira nacional Farnborough Air Show. Cada robô custa em torno de 6 mil libras (equivalente a cerca de R$ 19 mil), conforme a Wired.

O conceito foi adaptado pelo fabricante de outros robôs utilizados na guerra do Afeganistão, por exemplo, que fazem buscas em prédios e túneis. Em matéria do Daily Telegraph, um porta-voz da agência das fronteiras afirmou que mais de 18 mil pessoas foram interceptadas neste tipo de travessia no ano passado. "A tecnologia é crucial na luta contra a imigração ilegal", disse ele.

Magnet
Magnet