inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Leilão de virgindade gera debate e polêmica na web

11 de setembro de 2008 12h07 atualizado às 13h04

Uma norte-americana de 22 anos está leiloando publicamente sua virgindade para pagar seus estudos. A iniciativa gerou um caloroso debate na Internet sobre sexo e moralidade.

» Cartão erótico assinado por Lady Di é leiloado na web
» Site vende Pikachus "duireto da floresta"

A estudante de San Diego, Califórnia, que usa o pseudômino de Natalie Dylan por "motivos de segurança", afirmou que não enfrentou dilemas morais com sua decisão. Mas poucos blogueiros a apoiaram e alguns suspeitam de suas intenções.

"Não acho que leiloar minha virgindade irá resolver todos os meus problemas", disse ela no programa de televisão The Insider na quarta-feira. "Mas irá dar alguma estabilidade financeira. Estou pronta para controvérsia, sei o que virá por aí. Estou pronta para isso".

"Vivemos numa sociedade capitalista. Por que eu não posso ganhar com a minha virgindade?", acrescentou. A mulher, que recebeu diploma de graduação em estudos femininos e agora quer fazer um mestrado em terapia familiar e de casal, espera que as ofertas cheguem a US$ 1 milhão.

O site de leilões eBay recusou hospedar o leilão, que agora acontecerá num bordel em Nevada, o Moonlite Bunny Ranch, onde a irmã dela trabalha para pagar as dívidas da faculdade. A data do leilão não foi informada.

Numa enxurrada de entrevistas e aparições na mídia, ela admitiu que sua mãe, professora, não concorda com sua decisão, assim como muitas pessoas na Internet. Contudo, há pessoas que a apoiam. Uma delas, não surpreendentemente, é o dono do Moonlite Bunny Ranch, Dennis Hof.

"Acho uma tremenda idéia. Por que perder a virgindade para algum cara no banco de trás do carro quando você pode pagar pela sua educação?", disse ele a repórteres.

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.