inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Chrome terá suporte a complementos, diz Google

22 de setembro de 2008 12h42

Durante a Web 2.0 Expo, em Nova Iorque, na última sexta-feira, o engenheiro Ojan Vafai, da Google, anunciou que o novo navegador da empresa, Chrome, receberá suporte a complementos, a exemplo de seus dois maiores concorrentes, Firefox e Internet Explorer.

» Chome é browser desenhado para o futuro
» Google vai atualizar termos de serviço do Chrome
» Primeiras impressões e imagens do Chrome

"Existem dois diferentes tipos de complementos. Os do Firefox ampliam o navegador, por assim dizer, e também existem os scripts de usuários. Planejamos permitir os dois no Google Chrome", explicou Vafai.

Para o engenheiro, muitas pessoas já perceberam que com diversos complementos do Firefox ocorrem problemas de instabilidade, algo que a Google pretende trabalhar duro para que não aconteça. "Esperamos fazê-lo corretamente", declarou.

Vafai comentou ainda o erro de pessoas que afirmaram, assim que o Chrome foi lançado, que esta poderia ser uma tentativa de enfrentar a Microsoft no campo de sistemas operacionais. O engenheiro explicou que são duas coisas totalmente diferentes e que diversas funcionalidades em navegadores são dependentes de sistemas operacionais, como a renderização de fontes, por exemplo.

Na conferência, executivos responsáveis pelos rivais Firefox e Internet Explorer também falaram. Brendan Eich, da Fundação Mozilla, disse que a equipe de desenvolvimento do Firefox estuda o código do Chrome para aproveitar uma de suas funcionalidades mais inteligentes, a de abas rodando como processos independentes, noticiou o Tech.Blorge.

Chris Wilson, da Microsoft, informou que os complementos já estão presentes há muito tempo no Internet Explorer, mas ressaltou sua codificação muito complexa. Como solução, a companhia estaria planejando melhorar esta interface. Todavia nenhum detalhe de como isso será feito foi dado.

Magnet
Magnet