inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Telefônica lança telefone fixo com acesso à web e banda larga

19 de dezembro de 2008 10h32 atualizado às 12h37

Orby permite acessar a web, fazer chamadas locais gratuitas e enviar SMS, entre outras funções. Foto: Divulgação

Orby permite acessar a web, fazer chamadas locais gratuitas e enviar SMS, entre outras funções
Foto: Divulgação

A Telefônica vai disponibilizar para todo o mercado brasileiro, até o fim do primeiro trimestre de 2009, um aparelho de telefone residencial com tela sensível ao toque e conexão à Internet por meio de banda larga. Ele permitirá o acesso, por meio de teclas, a serviços de notícias, guia de restaurantes, cinema, previsão do tempo, entre outros, além de funcionar como telefone fixo. De acordo com a empresa, o Brasil será o primeiro país do mundo a contar com a novidade, provisoriamente batizada de Orby.

» Veja mais fotos do Orby
» Serviços para casa digital chegam em 2008
»Internet ultra-rápida chega a bairros nobres de SP
» Fórum: opine sobre o Orby

Conteúdos do Terra, Estadão, Veja São Paulo, Flickr e YouTube, entre outros, estarão disponíveis. O aparelho também poderá ser usado para fazer chamadas VoIP e ouvir rádio, além de outras atividades. Em uma primeira fase, de testes, 100 unidades estão disponíveis aos interessados por R$ 1,6 mil. Por enquanto, eles serão vendidos apenas na cidade de São Paulo.

Até as 10h desta sexta-feira, 73 aparelhos já haviam sido comercializados. Para comprá-lo, neste primeiro momento, o interessado deve entrar no hotsite criado especialmente para o lançamento do produto: www.mydirtylittlesecret.com.br. Lá, será disponibilizada uma senha que possibilitará a entrada na sala onde o aparelho será apresentado e comercializado por R$ 1.599. A sala fica em uma loja do Shopping Páteo Paulista.

De acordo com o presidente da Telefônica, Antônio Carlos Valente, o novo aparelho faz parte do projeto da empresa de Lar Digital. "Queremos trazer aos usuários serviços e dispositivos que integrem e facilitem o uso de diversos aparelhos eletrônicos e de informática de uma residência", disse Valente.

Lar Digital
O conceito de lar digital passa também pela expansão da rede de fibra ótica. Com ela, a empresa quer difundir os serviços de comunicação combinados, como voz, internet e TV.

O plano de expansão de rede de fibra ótica deve chegar a 20 novos bairros da capital e oito cidades do interior de São Paulo ainda em janeiro, ficando disponível para 330 mil domicílios. Hoje, o serviço é oferecido apenas para 40 mil domicílios da região dos Jardins.

Os bairros que passam a contar com a fibra ótica, além dos Jardins, são Campo Belo, Caxingui, Chácara Santo Antônio, Congonhas, Ibirapuera, Interlagos, Jabaquara, Jardim Bonfiglioli, Lauzane Paulista, Moema, Morumbi, Água Branca, Perdizes, Pinheiros, Real Parque, Santana, Santo Amaro, Tremembé, Vila Madalena e Vila Mariana.

Os serviços também serão oferecidas em cidades como Barueri, Campinas, Cotia, Santana de Parnaíba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santos.

Redação Terra