inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Jornal na era da web é gratuito, em papel e tem cara de blog

24 de janeiro de 2009 10h19 atualizado às 11h57

Em meio a críticas vindas daqueles que acreditam que os jornais estão às portas da morte, uma nova empresa quer criar dezenas de novas publicações - mas com algo de diferente. A Printed Blog, uma empresa iniciante com sede em Chicago, planeja publicar posts de blogs em jornais, cercados por publicidade local, e distribuir as publicações gratuitamente nas grandes cidades.

» Especialistas: blogs obrigam veículos a se reinventar
» Jornal em Nova Jersey evita a web e prospera
» Fórum: opine sobre jornais impressos e a web

As primeiras versões desses jornais gratuitos da era da internet circularão em Chicago e San Francisco na terça-feira. Inicialmente, serão semanários, mas Joshua Karp, fundador e editor responsável da Printed Blog, espera um dia publicar edições locais gratuitas do Printed Blog que sairão duas vezes por dia em diversas cidades dos Estados Unidos.

"Estamos tentando ser o primeiro jornal diário composto inteiramente por blogs e conteúdo gerado por usuários", ele afirmou. "Há tantas técnicas que têm funcionado online que talvez seja possível aplicá-las ao setor de imprensa".

Enquanto os jornais pagos perdem leitores para a internet, que oferece os mesmos artigos de graça, os jornais gratuitos de muitas cidades conseguiram sustentar suas posições.

"O modelo de negócios dos jornais gratuitos ainda é muito sustentável", disse David Cohen, fundador da Silicon Valley Community Newspapers, uma editora que publicava semanários gratuitos na região sul de São Francisco e foi vendida ao grupo jornalístico Knight Ridder em 2005. (Hoje, os jornais pertencem à MediaNews.) "Existe um imenso quadro de leitores que deseja notícias locais, e as empresas locais tendem a anunciar mais em momentos de crise porque precisam capturar a atenção das pessoas".

Ainda assim, Karp não precisa procurar muito longe para estudar as dificuldades que o sucesso no setor jornalístico requer enfrentar hoje em dias. A Tribune Co., que publica o Chicago Tribune e o jornal gratuito diário RedEye, pediu concordata em dezembro.

Karp está apostando em que conseguirá fazer seu negócio funcionar ao combinar dos modelos de negócios da mídia impressa e da web. O Printed Blog' publicará posts de blog e outras formas de conteúdo semelhantes ao que a web oferece, como fotos enviadas pelos leitores e comentários. O jornal terá três ou quatro páginas, em papel branco tamanho carta, e sairá com layout de blog e não com a tradicional diagramação em colunas de um jornal em papel.

Os usuários no futuro poderão se conectar ao site da empresa, o www.theprintedblog.com, para escolher que blogs desejam ver publicados, e os editores selecionarão que posts estarão na versão em papel. Uma cidade como Chicago teria até 50 edições locais diferenciadas, para atender a cada bairro.

A Printed Blog também espera ser capaz de evitar muitos dos grandes custos que tornam a produção de um jornal tradicional tão dispendiosa. A empresa instalará impressoras comerciais nas sedes de seus distribuidores, e isso ajudará a evitar os custos de circulação em que incorrem os jornais com grandes operações de impressão centralizadas. Os anunciantes poderão adquirir anúncios diretamente pelo site, de modo que a Printed Blog não precisará contar com uma grande equipe de vendas.

Ao publicar artigos dos muitos blogs que já acompanham diligentemente temas como a política local e a moda, Karp também poderá reduzir as despesas elevadas com repórteres. Até agora, 300 blogueiros autorizaram o Printed Blog a imprimir seu trabalho, em troca de uma participação na receita publicitária. Entre eles já blogs com pequeno número de leitores em Chicago mas também grandes blogs nacionais como o Daily Kos.

O arranjo é mutuamente benéfico, diz Lauren Dimet Waters, editora do Second City Style, um blog de moda que fornecerá conteúdo ao jornal. "Se eles conseguirem ganhar dinheiro com o nosso blog, não imagino que não saiamos beneficiados também, graças à exposição adicional", ela disse. "Se o jornal nos ajudar a conquistar 20 novos leitores, fico feliz".

A Karp ainda terá de pagar pelo papel, tinta e impressão e distribuição. São custos consideráveis, e um dos motivos para que os blogs se expandissem tanto na internet.

A publicidade continua a ser a maior vantagem da mídia impressa com relação à internet. Os anunciantes pagam muito mais por anúncios em mídia impressa do que online. Karp planeja vender 200 anúncios por edição, a preços de entre US$ 5 e US$ 10 para os classificados e entre US$ 15 e US$ 25 para anúncios de negócios que atinjam mil leitores.

Karp, fundador da produtora de software Freerain Systems, vendida à ESM Solutions em 2007, investiu US$ 15 mil na Printed Blog. Ele tem um escritório fornecido de graça pela Associação Tecnológica do Illinois e os 10 funcionários da empresa são voluntários que trabalham com seus laptops pessoais. Ele planeja levantar dinheiro junto ao setor de capital para empreendimentos a fim de bancar os salários do pessoal e expandir a empresa.

Karp espera que cada edição, distribuída duas vezes por dia para grupos de mil leitores, no futuro contenha anúncios suficientes para propiciar lucro de entre US$ 750 e US$ 1,5 mil por semana. (Em comparação, Cohen diz que uma edição semanal típica de um jornal gratuito no Vale do Silício com circulação de 20 mil exemplares custaria cerca de US$ 10 mil para produzir, com margem de lucro operacional de 11% a 15%.)

Os anunciantes vão gostar do Printed Blog, diz Karp, porque ele será muito local. Uma loja de roupas ou serviço de remoção de neve poderão anunciar para as duas mil pessoas que têm maior probabilidade de adquirir seus produtos ou serviços, ele disse.

Cerca de 15 anunciantes compraram espaço na edição de estréia, entre os quais a Flowerpetal.com, uma floricultura de Chicago. "O melhor quanto a isso é que podemos mudar nossos anúncios de acordo com cada bairro", disse Brian Crummy, o fundador da Flowerpetal.com.

Cohen, que foi recentemente demitido pela MediaNews, diz que os desafios potenciais a serem enfrentados pela Printed Blog podem se tornar ainda maiores pelo seu plano de publicar dezenas de edições especializadas. "Parece complicado, para mim", ele disse. "A meu ver, é por isso que a internet foi inventada".

Tradução: Paulo Migliacci ME

The New York Times
The New York Times