inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Saiba o que fazer para ter mais seguidores no Twitter

31 de janeiro de 2009 18h36

As dicas para aumentar o número de seguidores incluem o retweeting. Foto: Reprodução

As dicas para aumentar o número de seguidores incluem o "retweeting"
Foto: Reprodução

Quer saber como aumentar o número de leitores que acompanham você no Twitter? Uma das melhores pessoas para falar sobre isso é Kevin Rose, o terceiro usuário mais "seguido" no serviço de microblogging, atrás apenas da rede de notícias CNN e do primeiro colocado Barack Obama - que provavelmente anda atarefado demais para dar dicas quentíssimas de como alcançar o sucesso, como fez Kevin em um post no blog Tech Crunch, na última semana.

» Veja uma página do Twitter com exemplos marcados
» Jesus, Lennon e Marilyn escrevem em "twitter histórico"
» Twitter aproxima internautas de astros do esporte
» Passageiro narra acidente de avião pelo Twitter

Kevin Rose é criador do Digg, um site colaborativo em que usuários indicam seu conteúdo online preferido, e foi escolhido em 2008 pela revista Time como uma das 25 pessoas mais influentes na web. Com seus comentários curtos sobre o que tem visto na web e coisas prosaicas como chás, ele se transformou em celebridade no Twitter e já tem quase 100 mil seguidores.

A primeira dica de Kevin é o "retweeting", que ele considera uma ótima forma de espalhar seu nome por aí. "Retweet" é, basicamente, postar aquilo que outra pessoa escreveu em sua página no Twitter. A citação começa geralmente com a abreviatura RT (para indicar que aquele tweet está sendo repassado) e indicar a fonte com uma arroba e o nome do usuário ("@kevinrose", no caso do nosso conselheiro). Por exemplo:

RT @carol_rl li no terra que a amazon vai lançar o kindle 2 em breve

Mas se você está repassando os posts de outras pessoas, o que isso traz de retorno para você? Kevin sugere que você explique para seus seguidores como funciona o "retweeting" e incentive-os a fazer isso com o que você escreve. Quanto mais seu nome rodar por aí, mais cliques você pode ganhar.

Uma coisa muito simples, mas para a qual muita gente não liga, é a "bio" do seu perfil, um espaço para falar de você. "Este é o único lugar que você tem para mostrar quem você é", explica Kevin. Preenchida, a breve biografia também aparece na página de usuários sugeridos pelo Twitter, além de despertar o interesse de mais pessoas pelo que você escreve.

A propaganda é a alma do negócio também na internet, e Kevin insiste: "coloque links para o seu perfil por tudo" - em blogs, redes sociais, até mesmo na sua assinatura de e-mail. Além disso, diz, "traga sua conta do Twitter para o mundo físico". Ele diz que sempre aproveita palestras, podcasts, apresentações e até aquela "troca de cartões" para divulgar sua conta.

Dizem que é sempre mais fácil escrever sobre aquilo de que se gosta. E Kevin recomenda exatamente isso, mas com um adendo: marcar o assunto com uma "hash tag", ou seja, o sinal # seguido pelo assunto (como #tecnologia, por exemplo). Isso aumenta as chances de você ser localizado, já que as "hash tags" são reconhecidas e indexadas pelo serviço de busca do Twitter. Faça também o caminho contrário, consultando o search.twitter.com e juntando-se ao debate das "hash tags" mais comentadas.

As fotos são outro ótimo recurso, geralmente pouco explorado no Twitter. Kevin observa que as imagens se espalham rapidamente e podem chegar a milhares de acessos.

Outra opção para atrair seguidores é promover sorteios e concursos. Kevin cita o caso de @jasoncalacanis, que prometeu dar um MacBook Air caso se tornasse o mais seguido do Twitter. "Isso nunca chegou a acontecer, mas Jason ganhou milhares de seguidores... brilhante".

A observação de quem alcançou sucesso no Twitter também é importante. Kevin sugere que você siga os mais populares (que você pode conhecer em www.twitterholic.com) e preste atenção no tipo de conteúdo e no modo como eles se dirigem aos leitores.

Por último, Kevin recomenda acompanhar o seu desempenho pelo twittercounter.com, que mostra as estatísticas relacionadas aos seus novos seguidores. E há também o outro lado: caso você não siga direitinho as dicas de Kevin ou, ainda, elas não funcionem, um cadastro no useqwitter.com garante que você receba um e-mail comunicando cada baixa nessa lista.

Redação Terra