inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Site pirata dribla lei com nova rede de downloads

27 de março de 2009 09h11 atualizado às 09h33

O site para download de arquivos torrent The Pirate Bay, que aguarda o resultado de um julgamento por facilitação de pirataria, anunciou uma rede virtual privada (VPN) que garantiria o anonimato de seus clientes online ao não armazenar informações de tráfego - uma forma de escapar de acusações por compartilhamento ilegal de arquivos.

» Polícia sueca confisca servidor pirata
» Após julgamento, site pirata aguarda o veredicto

A rede privada dificultaria o rastreamento do usuário, já que sua criptografia dificulta a interceptação de dados como registro de downloads e endereços IP, explicou o site Hack in the Box.

O serviço se chama IPREDator e responde provocativamente ao lançamento da iniciativa sueca IPRED (Intellectual Property Rights Enforcement Directive, ou "diretriz para o controle legal de direitos de propriedade intelectual"), que coloca em risco usuários suspeitos de compartilhamento ilegal de arquivos com direitos protegidos.

Atualmente em fase de testes, o serviço deve ser lançado oficialmente ainda antes de abril, conforme anunciado no site http://ipredator.se, com preço estimado de 5 euros (R$ 15) por mês.

O novo serviço deve esquentar ainda mais o combate entre sites como o The Pirate Bay e as leis antipirataria.

Geek
Geek