inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Site publica dados internos do Twitter enviados por hacker

15 de julho de 2009 17h05 atualizado às 18h27

Hacker alega ter acessado informações internas importantes do serviço de microblog. Foto: Reprodução

Hacker alega ter acessado informações internas importantes do serviço de microblog
Foto: Reprodução

O popular site de notícias tecnológicas TechCrunch planeja publicar documentos internos sensíveis relativos ao site de microblogs Twitter, entre os quais projeções financeiras, enviados a eles por um hacker não identificado. O TechCrunch informou que um hacker havia conseguido "acesso fácil" a centenas de informações internas do Twitter -de senhas a atas de reuniões - e depois encaminhado a massa desses dados ao site.

O Twitter, uma empresa que opera um serviço de redes sociais no qual os usuários se comunicam por meio de mensagens de até 140 caracteres ganhou destaque nos últimos meses, especialmente depois de ser usado como ferramenta de organização de protestos no Irã.

"Estamos em contato com a nossa assessoria jurídica sobre o que esse roubo significa para o Twiter, o hacker e quem quer que aceite e subsequentemente distribua ou publique esses documentos," afirmou o Twitter em nota oficial em seu blog.

O TechCrunch defendeu seu direito de publicar o material, mas afirmou que trataria com cautela dados como registros de pessoal. "Vamos divulgar alguns documentos mostrando projeções financeiras, planos para produtos e atas de reuniões de estratégia entre os executivos", disse Michael Arrington, fundador e co-editor do TechCrunch.

"Passamos a maior parte da noite lendo o material. A vasta maioria dele pode causar certo embaraço a algumas pessoas, mas não é interessante para um público mais amplo", disse. "No entanto, alguns dos documentos têm tamanho valor noticioso que consideramos que publicá-los seja apropriado."

O TechCrunch, até o momento, veiculou apenas um documento, uma discussão sobre uma proposta de reality show. Horas depois que o documento foi publicado, centenas de leitores estavam condenando o site pela decisão.

"O Twitter evidentemente é um alvo atraente para hackers ou atacantes, devido ao seu destaque como site de mídia muito popular", disse Joris Evers, porta-voz e especialista em segurança da McAfee, que oferece proteção contra ameaças na internet.

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.