inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Garçom de Hollywood é demitido por posts no Twitter

08 de outubro de 2009 08h55 atualizado às 09h20

O perfil de Jon-Barret Ingels no Twitter diz: Desempregado graças ao Twitter.. Foto: Twitter/Reprodução

O perfil de Jon-Barret Ingels no Twitter diz: "Desempregado graças ao Twitter".
Foto: Twitter/Reprodução

Jon-Barret Ingels, 31 anos, trabalhava em um restaurante de Beverly Hills e foi despedido por postar em seu microblog informações sobre as celebridades que frequentavam o local.

» Ferramenta de dieta do Twitter atrai milhares de usuários
» Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter
» "Twittergate" envolve ministro indiano em polêmica

Segundo o portal CNET, Ingels, trabalhava no Barney Greengrass, em Beverly Hills, que é freqüentado por artistas como as gêmeas Olsen e Pamela Anderson.

O ex-funcionário costumava publicar em seu perfil no Twitter informações sobre o comportamento das estrelas ou pratos pedidos. Em uma dessas ocasiões, ele postou: "Jane Adams, atriz da série 'Hung' da HBO saiu sem pagar uma conta de US$ 13,44. Sua agente foi chamada e pagou no dia seguinte. Sem gorjetas!!!".

Adams explicou que ela teria deixado sua carteira em seu carro. Ingels disse que ela teria ido buscá-la, mas não voltou mais.

Segundo o site Brand X, o ex-garçom logo esqueceu o incidente. Ao longo das próximas semanas, ele documentou suas observações sobre outras celebridades.

A atriz Ali Larter, conhecida pelo seriado Heroes, entrou para comprar uma bebida, e, como Ingels observou em um tweet, "não estava usando sutiã". Em outra atualização, Ingels perguntou: "Quando é que Tori se tornou atraente?", referindo-se a Tori Spelling do seriado Barrados no Baile. Em outro, diz que BJ Novak, ator e produtor da versão americana de The Office, estava de ressaca em uma conversa com a agente Mindy Kaling.

Um representante da Barney Greengrass começou a acompanhar as publicações de Ingels, que logo em seguida foi confrontado pelo seu gerente. Pouco tempo depois veio o comunicado da demissão, devido a várias denúncias.

Jon-Barrett Ingels tem, até a publicação desta nota, 1247 seguidores. Em seu perfil a informação "ocupação" consta como "Desempregado graças ao Twitter".

Geek
Geek