inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

YouTube ganha sistema de legendas automáticas

20 de novembro de 2009 11h07 atualizado às 12h01

Vídeo no YouTube mostra como funciona o novo recurso. Foto: YouTube/Reprodução

Vídeo no YouTube mostra como funciona o novo recurso
Foto: YouTube/Reprodução

Um sistema que cria, automaticamente, legendas para vídeos no YouTube, foi anunciado pelo Google nesta quinta-feira em um evento nos EUA. Um vídeo no YouTube (acessível pelo atalho http://tinyurl.com/yg5y4f2) mostra como funciona o recurso que, pelo menos em princípio, estará disponível apenas em 13 canais parceiros - e por questões de direitos autorais, alguns não estão disponíveis no Brasil.

» Google anuncia abertura de código do Google Chrome OS
» Veja fotos do Google Chrome OS
» Siga o Terra no Twitter

É um grande primeiro passo para tornar milhões de vídeos no YouTube acessíveis às pessoas com dificuldades de audição. A tecnologia também abre os vídeos para um mercado estrangeiro mais amplo - enquanto a tecnologia insere legendas apenas em inglês, o Google oferece aos usuários a opção de utilizar seu sistema de tradução automática para ler as legendas em 51 idiomas.

A tecnologia de reconhecimento de fala que o Google usa para transformar voz em texto não é nova; ela é atualmente usada para para transcrever mensagens de voz para os usuários. Mas Ken Harrenstien, um engenheiro surdo que ajudou a desenvolver o sistema de legenda automática, disse que ela nunca foi aplicado em uma escala tão grande. "Isso é algo que eu sonho há muitos anos", disse ele, citado pelo New York Times, falando através de um intérprete.

O YouTube já tem centenas de milhares de vídeos legendados e alguns outros sites de vídeo online, como o Hulu e AOL, também têm alguns vídeos profissionalmente criados já com legendas. Mas Harrenstien destaca que uma grande maioria de vídeos não tem legendas e a nova tecnologia do Google vai gerá-las automaticamente.

O recurso inclui canais de universidades, como Stanford, Yale, Duke, Columbia e o MIT, além da National Geographic e o próprio Google. A companhia planeja, gradativamente, expandir o número de canais que funcionarão com a tecnologia de legendas automáticas.

"As ferramentas ainda não são perfeitas, queremos ter certeza do retorno dos donos dos vídeos e dos usuários antes de estendê-las para tudo", explica Harrenstien. "Às vezes as legendas automáticas são boas, às vezes não são grande coisa, mas é melhor do que nada se você tem problemas de audição ou não conhece a linguagem", acrescenta.

O Google também apresentou um serviço relacionado, o "auto-timing", que tornará mais fácil para qualquer um colocar legendas em seus vídeos: bastará criar um arquivo de texto simples. Esta ferramenta estará disponível para todos os usuários do YouTube já neste final de semana, segundo o NYT.

Redação Terra