inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Bebês com patins é comercial mais visto na web na história

25 de novembro de 2009 12h22 atualizado às 13h37

O comercial da água mineral Evian entrou para o Guiness. Foto: Divulgação/BBC Brasil

O comercial da água mineral Evian entrou para o Guiness
Foto: Divulgação/BBC Brasil

O site de vídeos YouTube e a marca francesa de água mineral Evian entraram para o livro dos recordes depois de o comercial Skating Babies (ou, em português, "Bebês de Patins") se tornar a propaganda mais assistida pela internet da história.

» Comercial com bebês de patins vira sucesso na web; veja
» Siga o Terra no Twitter

Desenvolvido pela agência francesa BETC Euro RSCG, a campanha de um minuto tem a premissa simples de bebês dançando e andando de patins em um parque, ao som de Rapper's Delight, do grupo Sugarhill Gang - o primeiro hit internacional de hip hop, de 1979, com o mote "Evian, live young" .

Desde sua postagem no site de videos do Google, o anúncio gerou 45.166.109 pageviews em todo o mundo. Sendo assim, o livro Guinness World Records decidiu incluir o comercial em suas páginas, depois do recebimento dos dados da empresa de pesquisas Nielsen e do site YouTube provando a quantidade de pageviews gerados pelo anúncio, explica o site Tech Radar.

De acordo com o site FoodBev, que divulga notícias da indústria alimentícia e de bebidas, a Evian - a maior produtora de água mineral do mundo - afirmou que a campanha ajudou a diminuir a queda em suas vendas. Após uma perda de 7% no ano passado, a queda neste ano foi de 2%, conta Michael Aidan, diretor da marca.

A Danone, empresa responsável pela Evian, verificou um aumento de 4,1% nas vendas gerais no terceiro trimeste, após diminuir o valor de suas marcas em até 10%.

A ideia de bebês dançantes já havia sido utilizada pela empresa em 1998, quando foi lançado um comercial que mostrava bebês em trajes de balé. Outro precursor é o famoso meme "dancing baby", ou ainda "Baby Cha-Cha", o modelo em 3D de um bebê dançando que virou sucesso nos anos 90.

Geek
Geek