inclusão de arquivo javascript

Tecnologia

 
 

Adobe usa pornografia para criticar Apple e iPad

01 de fevereiro de 2010 16h15 atualizado às 16h49

Ao apresentar o novo iPad na quarta-feira passada, Steve Jobs mostrou que o browser Safari não suportará sites em Flash no dispositivo. Essa foi a deixa que a Adobe viu para criticar o lançamento, após a recente mágoa pela escolha da tecnologia DRM para o aparelho.

» "Adobe é uma carroça", diz Jobs sobre ausência no iPad
» Dez coisas idiotas que estragam o iPad
» Siga o Terra no Twitter

A Adobe publicou em seu blog um post com o título "Apple´s iPad - a broken link?", que diz que a Apple impõe restrições em seus dispositivos, limitando usuários e criadores, e explica também que, ao contrário de outros e-readers, não suporta o formato ePub (formato aberto adotado pela Adobe), já que utiliza sua própria tecnologia DRM. O texto reforça que, sem acesso ao Flash, os usuários perderão muito conteúdo web, incluindo 70% dos jogos e 75% dos vídeos na rede.

O post ainda menciona diversos sites que não podem ser acessados pelo iPad, entre eles Disney, Farmville, ESPN e a página de animações JibJab. A Adobe afirma que ela e mais de 50 de seus parceiros no Open Screen Project estão trabalhando para permitir a desenvolvedores e publicadores de conteúdo o trabalho com qualquer dispositivo, para que os usuários tenham acesso livre a todos os tipos de mídias, aplicativos e conteúdos, não importando o aparelho escolhido.

Já no blog do Flash, foi divulgada uma curiosa montagem produzida por Lee Brimelow, evangelista de plataformas da Adobe, mostrando o que a falta do Flash significa para o iPad.

Entre as imagens, está a de um site pornô. Embora a pornografia seja relevante para muitos usuários, esta foi considerada uma medida desesperada, como comenta o site da revista Wired.

Brimelow já atualizou seu post, removendo a imagem e explicando que fora apenas uma piada. Ele acrescenta que falava por si mesmo, e não pela Adobe. Entretanto, não pode ser desconsiderado que ele trabalha para a empresa e seu post está relacionado a este trabalho.

Geek
Geek